Topo

Tênis


Tênis

Canadense de 19 anos derrota Serena Williams e conquista o Aberto dos EUA

Bianca Andreescu enfrenta Serena Williams na final do Aberto dos EUA - Clive Brunskill/Getty Images/AFP
Bianca Andreescu enfrenta Serena Williams na final do Aberto dos EUA Imagem: Clive Brunskill/Getty Images/AFP

Do UOL, em São Paulo

07/09/2019 18h59

Era um conflito de gerações. De um lado, Serena Williams, 37 anos, 23 títulos de slam no currículo, 19 participações no US Open e seis troféus conquistados em Nova York. Do outro, Bianca Andreescu, 19 anos, fazendo sua primeira participação na chave principal do US Open e disputando apenas o quarto slam da carreira. E mais: quando a adolescente canadense nasceu, a veterana americana já tinha um título em Flushing Meadows (em 1999).

A vitória foi da juventude, do jogo versátil, inteligente e corajoso de Andreescu. Primeiro, a jovem de 19 anos foi quase perfeita durante um set e meio. Depois, manteve a cabeça para segurar uma reação furiosa de Serena. No fim, a adolescente fez 6/3 e 7/5 e conquistou seu primeiro título em um torneio do Grand Slam. Com a vitória, Bianca se torna a primeira mulher canadense a vencer um slam na Era Aberta (a partir de 1968) e iguala a marca de Monica Seles como a campeã que menos disputou slams (quatro) até seu primeiro título.

Para Serena, era também a quarta chance de conquistar seu 24º slam e igualar o recorde da australiana Margaret Court, maior campeã de slams em simples da história do tênis. Nas três decisões de slam anteriores, a ex-número 1 do mundo, atual #8 do ranking, saiu derrotada. Aconteceu em Wimbledon/2018 (perdeu para Angelique Kerber), no US Open/2018 (Naomi Osaka) e em Wimbledon/2019 (Simona Halep).

Duplas faltas pesam

O duelo começou com Andreescu tentando agredir o segundo saque de Serena, e a tática se mostrou eficiente ao pressionar a veterana. Depois de errar duas esquerdas, a ex-número 1 cometeu duas duplas faltas e perdeu o game inicial. A canadense, por sua vez, foi brilhante em seus games de serviço. Com uma porcentagem alta de primeiro saque (84%), limitou os ataques da rival e confirmou quase sempre sem drama. No único break point que encarou, disparou um ace e se salvou.

A versatilidade de Andreescu também se mostrava eficiente. No sétimo game, a adolescente ganhou pontos usando slices, subidas à rede e e forehands e backhands matadores. Serena brilhou para salvar cinco break points e evitar ficar duas quebras atrás, mas pouco adiantou. No nono game, sacando em 3/5, precisou encarar outro break point. Com uma dupla falta - sua terceira no jogo - perdeu o game e o set: 6/3.

A segunda parcial começou parecida. Andreescu seguia agredindo e forçando Serena a errar. Logo no segundo game, no primeiro break point, a veterana cometeu mais uma dupla falta. A veterana não desanimou, e a canadense pagou por seu primeiro game ruim de saque no jogo. Serena conquistou quatro break points e, depois de desperdiçar os três primeiros, contou com a sorte: uma bola na fita tirou a adolescente de ação e deu a quebra para a americana.

A torcida fazia mais barulho a cada game e festejou intensamente a quebra, mas a tenista da casa não conseguiu aproveitar o momento. Logo no game seguinte, sem conseguir encaixar o primeiro serviço, cometeu mais uma dupla falta e foi quebrada outra vez ao mandar uma direita para longe. Andreescu confirmou na sequência, abrindo 4/1, enquanto Serena, já aparentando frustração, desandava a errar. No sexto game, mais uma dupla falta e mais uma quebra.

Match point salvo e reação de Serena

Parecia que o troféu já tinha dono, mas Serena ainda tinha força para reagir. Com Andreescu sacando em 5/1 e um match point na mão, a americana encaixou uma devolução vencedora, virou o game e conseguiu a quebra. Cinco pontos depois, a ex-número 1 confirmou o serviço e forçou a adolescente a sacar mais uma vez para o título. A pressão era grande, a torcida fazia mais barulho, e Andreescu sentiu. Cometeu três erros, perdeu o saque outra vez, e o clima era outro no estádio Arthur Ashe.

Serena foi para o saque no décimo game, e depois de dois aces e duas duplas faltas, o placar mostrava 30/30. Andreescu, então, errou duas devoluções de segundo saque, e o jogo ficou empatado: 5/5. A adolescente, enfim, voltou a confirmar o saque o 11º game, colocando a rival sob pressão mais uma vez. Com coragem, encaixou uma devolução vencedora de direita e viu Serena errar uma esquerda. Mais dois match points. A americana salvou o primeiro com um ace. No segundo, porém, outro winner de devolução deu o título a Andreescu.

Errata: o texto foi atualizado
Ao contrário do que informado anteriormente, o primeiro set da partida terminou em 6/3 para Bianca Andreescu. O erro foi corrigido.