PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Filipinho se machuca, é eliminado e dá adeus ao bi na Austrália

Filipe Toledo saiu mancando do mar de Gold Coast apoiado no ombro do pai - WSL / Kirstin
Filipe Toledo saiu mancando do mar de Gold Coast apoiado no ombro do pai Imagem: WSL / Kirstin

Do UOL, em São Paulo

15/03/2016 18h38

Filipe Toledo se machucou no início da semifinal de Gold Coast e acabou eliminado da primeira etapa da Liga Mundial de Surfe (WSL). Assim, nesta terça-feira (15), deu adeus à chance do bicampeonato na Austrália.

Logo em sua segunda descida na bateria, ele tentou um aéreo 360º e acabou se machucando. Nas manobras seguintes, o surfista brasileiro pareceu desconfortável, com movimentos limitados. Após dropar uma das ondas, inclusive, subiu mancando no jetski e evitando pisar com o pé esquerdo.

Mesmo debilitado, com cara de dor na maior parte da bateria, Filipinho se manteve no duelo e quase avançou à final. Mas acabou levando a virada no finzinho. O brasileiro somou 13,27 – contra 14,43 de Matt Wilkinson.

Após o fim da bateria, Filipinho saiu do mar australiano mancando muito e apoiado nos ombros do pai, o ex-surfista Ricardinho. A gravidade da lesão, no entanto, ainda não foi confirmada.

Filipe Toledo foi campeão de Gold Coast no ano passado e não havia perdido uma bateria sequer na atual edição. Ele vinha surfando bem, conseguindo as melhores notas do evento, mas acabou dando adeus à chance do bi de forma amarga.

Com a eliminação de Filipinho, o Brasil não pode mais ser campeão em Gold Coast, já que Adriano de Souza, o Mineirinho, já havia sido eliminado na fase quartas de final, também perdendo de virada no final para Matt Wilkinson.

Esporte