PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Demissão de Diniz e chegada de Carille não foram unanimidades no CG do Santos

25/10/2021 16h56


O Santos divulgou na tarde desta segunda-feira (23) as atas das reuniões do Comitê de Gestão no mês de setembro. As principais discussões foram sobre a demissão de Fernando Diniz, hoje no Vasco, e sobre a contratação do treinador Fábio Carille.

No dia 5 de setembro, o presidente Andres Rueda abriu a reunião e pediu para que cada membro do CG se posicionasse sobre a permanência ou não Diniz, que vinha pressionado após nova derrota (diante do Cuiabá) e eliminação na Copa Sul-Americana.

José Berenguer e Ricardo Campanário se manifestaram pela continuidade do treinador. Por outro lado, Rueda, José Carlos Oliveira, Dagoberto Oliva, Vitor Loureiro Sion e Walter Schalka optaram pela saída do treinador, que foi concretizada pela maioria.

No dia seguinte, a votação definiu Fábio Carille como novo técnico do clube santista. O único que foi contrário em relação a contratação do treinador foi Ricardo Campanário. Os demais membros Andres Rueda, José Carlos Oliveira, Dagoberto Oliva, José Berenguer, , Vitor Loureiro Sion e Walter Schalka, aprovaram a chegada do técnico.

Futebol