PUBLICIDADE
Topo

Chapecoense

Chapecoense deve apostar na categoria de base para fortalecer o elenco

Foguinho, meia da Chapecoense sub-20, foi destaque na Copinha e virou solução para o clube no mercado da bola - Divulgação
Foguinho, meia da Chapecoense sub-20, foi destaque na Copinha e virou solução para o clube no mercado da bola Imagem: Divulgação

18/01/2020 14h52

Classificação e Jogos

Rebaixada para a Série B do Campeonato Brasileiro, a Chapecoense atravessa um momento delicado na questão financeira. Sem dinheiro para investir na montagem do elenco, a diretoria quebra a cabeça para ajudar o técnico Hemerson Maria.

Uma das soluções encontradas pela gerência é a utilização da base. O Verdão olha com carinho para os jovens e observou com muito cuidado a participação do time na Copa São Paulo.

Mesmo sem chegar longe, alguns jogadores chamaram a atenção e o atacante Foguinho, o grande destaque do time na Copinha, acabou promovido pela comissão técnica.

A ideia é projetar a entrada dos jovens com a possibilidade de negociá-los no futuro e girar o caixa da Chapecoense.

Além da questão financeira, a parte técnica para fortalecer o time de Hemerson Maria é fundamental. O grande exemplo é o goleiro Tiepo, que foi titular da equipe na campanha do último Brasileirão.

Ouça o podcast Posse de Bola, a mesa redonda do UOL sobre futebol, com Arnaldo Ribeiro, Eduardo Tironi, Juca Kfouri e Mauro Cezar Pereira.

Mais podcasts do UOL no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts e outras plataformas

Chapecoense