PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Dono do OM critica torcida contra o PSG: 'Comportamento inaceitável'

Neymar foi alvo de insultos na partida do PSG contra o Olympique - Jean-Paul Pelissier/Reuters
Neymar foi alvo de insultos na partida do PSG contra o Olympique Imagem: Jean-Paul Pelissier/Reuters

24/10/2017 10h39

"Orgulhoso" pelo desempenho e entrega do Olympique de Marselha diante do Paris Saint-Germain, no último domingo, o mandatário do clube, Frank McCourt, lamentou os incidentes ocorridos no Estádio Velodrome, tanto dentro de campo, com objetos - e até comida - lançados na direção de Neymar, quanto fora de campo, quando os ultras do OM entraram em confronto com policiais nas redondezas do estádio. Um "clima de Libertadores".

Em entrevista ao jornal francês "La Provence", McCourt acredita que "esse tipo de comportamento é inaceitável", referindo-se ao duelo válido pela décima rodada do Campeonato Francês. Para ele, há espaço para correções visando mais segurança e conforto na casa do Olympique de Marselha.

"Os torcedores organizados são os mais quentes, eles trazem uma atmosfera incrível ao estádio. Isso também requer um equilíbrio, um ambiente seguro para todos, isso é o mais importante. A criatividade, o entusiasmo, as músicas... tudo isso é muito positivo. Com o passar dos anos, as coisas podem ter se degenerado um pouco. Agora, nós queremos garantir que ninguém hesite em vir ao Velodrome com sua família e filhos", comentou o dono.

"Foi fabuloso ver o estádio com tantos fãs e tanta energia. Essa partida foi uma boa forma de ver onde nós estamos posicionados com o projeto. É claro que eu fiquei desapontado por não ter ganho, assim como todo mundo, mas é um grande resultado. Eu vi lutadores jogando com seus corações. Estou orgulhoso do time", completou Frank McCourt.

Esporte