PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Palmeiras e Borja rechaçam ofertas do exterior para triunfar juntos

31/08/2017 17h30

O Palmeiras não aceitou levar adiante negociações com times do exterior por Borja. Os agentes do jogador informaram o interesse de Porto (POR) e Levante (ESP), mas o Verdão recusou as investidas, conforme revelou o GloboEsporte.com. Apesar de até agora a passagem estar bem abaixo do esperado, atleta e clube ainda consideram que é possível triunfar.

Depois de gastar com o aporte da Crefisa quase R$ 35 milhões no colombiano, o Palmeiras não aceitaria negociá-lo ou por empréstimo ou por um valor bem abaixo. Nesta quinta, fecham as janelas de: Inglaterra, França, Alemanha, Itália, Holanda e Rússia. Seguem abertas as de Portugal (22/9), Espanha (1º/9), Turquia (8/9), Ucrânia (1/9) e México (5/9), mas o presidente do clube, Maurício Galiotte, já disse que não sairá nenhum jogador agora.

Convocado para a disputa das Eliminatórias, Borja está com a Colômbia nesta semana e ao desembarcar admitiu que vinha sofrendo para adaptar-se ao futebol brasileiro. Com 32 partidas pelo Palmeiras, o camisa 9 foi titular em 17 e fez apenas sete jogos completos. Com sete gols, convive com um jejum de mais de dois meses, ou 12 jogos. Hoje, é o reserva de Deyverson.

Durante este período instável, o centroavante chegou a receber consultas de outros times europeus, e novamente o Palmeiras não quis avançar. Com contrato de cinco anos, o atacante está chateado pela atual fase, mas ainda tem fé de que conseguirá revertê-la.

- Borja quer triunfar no Palmeiras. Está aprendendo muito sobre o futebol brasileiro, precisa de carinho, de apoio, acompanhamento. Ele não é extrovertido como Pablo Armero ou Yerry Mina. Está tranquilo, apesar de triste pelo risco de não jogar a Copa do Mundo. Só que respeitamos o Palmeiras e sabemos que o investimento foi alto - disse Ignácio Martan, agente do atacante, ao L!.

Pela seleção colombiana, o atacante enfrenta a Venezuela, fora de casa, nesta quinta, e recebe o Brasil na terça da semana que vem. Ele voltará ao Palmeiras a tempo de ficar disponível para enfrentar o Atlético-MG, dia 9, próximo sábado.

Esporte