PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Sem Borja, treino do Palmeiras tem papos de Cuca e ovada em Tchê Tchê

30/08/2017 19h03

Após dois dias de folga, o elenco do Palmeiras reapresentou-se nesta quarta-feira à tarde, na Academia de Futebol. A atividade não contou com Borja, que já se apresentou à seleção colombiana para a disputa das Eliminatórias. Enquanto Alberto Valentim comandava o trabalho em espaço reduzido, Cuca aproveitou para ter conversas particulares com seus atletas.

O grupo foi dividido em três times de oito jogadores cada. Enquanto dois se enfrentavam, um esperava. Era nesta hora que o técnico se aproximava para falar com os atletas. Thiago Santos, Fernando Prass, Zé Roberto e Tchê Tchê foram aqueles que trocaram ideias com o comandante durante a tarde.

Desta vez, Cuca foi mais um observador. À distância ele também viu o ataque dos jogadores a Tchê Tchê, que nesta quarta completa 25 anos. Em "comemoração", o camisa 8 recebeu ovada de seus companheiros, como Thiago Santos e Edu Dracena, que no meio da brincadeira também se sujaram.

Jailson riu do ato, enquanto se recupera da lesão rara que sofreu no quadril. Durante a tarde, ele foi a campo e teve uma conversa amistosa com o médico Gustavo Magliocca. Apesar da nítida evolução, o camisa 14 ainda não tem data para voltar a jogar.

Dudu, em compensação, está mais perto do retorno. Há pouco mais de duas semanas tratando uma lesão na coxa esquerda, o atacante nesta tarde não veio a campo, pois realizou atividades físicas na parte interna do CT. Há a expectativa de que ele esteja em condições para a próxima partida do Verdão, dia 9, contra o Atlético-MG, fora de casa, pelo Brasileirão.

Até lá, serão dez dias sem jogos. Cuca nesta quinta comandará atividades em dois períodos. Com 36 pontos, o Verdão está em quarto lugar no campeonato.

Esporte