PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Rafael Carioca reconhece favoritismo, mas pede Atlético-MG focado

Ricardo Duarte/Internacional
Imagem: Ricardo Duarte/Internacional

28/09/2016 15h42

Não tem como negar. O volante Rafael Carioca reconheceu o favoritismo do Atlético-MG diante do Juventude, nesta quarta-feira, às 19h30, no Independência, em partida válida pela fase de ida das quartas-de-final da Copa do Brasil. Apesar do reconhecimento, o camisa 5 pregou respeito ao Juve e lembrou que os gaúchos eliminaram o São Paulo.

"Sem dúvidas, o favoritismo é nosso, é do Atlético-MG. Pela história, o Atlético é favorito. Mas favoritismo não entra em campo. O Juventude eliminou o São Paulo, ganhando no Morumbi. Chegou onde está não é à toa, então merece todo o respeito", disse o volante.

A fórmula para superar o alviverde está definida e é velha conhecida do torcedor: não tomar gol em casa e empatar fora.

"É não levar gol aqui (em Minas). Esse foi nosso erro contra a Ponte. A gente sabe como funciona a Copa do Brasil. Contra a Ponte, tivemos de nos esforçar o dobro para classificar depois de estarmos perdendo por 2 a 0. Temos de ser inteligentes. É não sofrer gol e procurar fazer um resultado importante aqui", afirmou.

O jogo de volta será no Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul, no dia 19 de outubro. Quem avançar pega Santos ou Internacional.

 

 

 

Esporte