PUBLICIDADE
Topo

Francês - 2021/2022

Com um gol anulado para cada lado, PSG e Olympique ficam no empate

Neymar e Luan Peres disputam a bola durante clássico entre PSG e Olympique de Marselha - Eric Gaillard/Reuters
Neymar e Luan Peres disputam a bola durante clássico entre PSG e Olympique de Marselha Imagem: Eric Gaillard/Reuters

Josué Seixas

Colaboração para o UOL, em Maceió

24/10/2021 17h43

Classificação e Jogos

Em jogo truncado, Olympique de Marselha e PSG ficaram no empate em 0 a 0 na tarde de hoje (24). A partida, válida pela 11ª rodada do Campeonato Francês, foi disputada no Estádio Velódrome, em Marselha. Cada time teve um gol anulado ainda no primeiro tempo, depois que o VAR detectou impedimentos.

A marcação do Olympique de Marselha dificultou bastante as coisas para o trio de ataque do PSG, composto por Neymar, Messi e Mbappé. O brasileiro não conseguiu ser efetivo e construiu poucas jogadas. Ele foi substituído por Wijnaldum aos 37, demonstrou irritação e cumprimentou o técnico Mauricio Pochettino timidamente.

Olympique começa melhor, mas PSG se impõe

Dono de casa, o Olympique começou a partida melhor. Aos 3 minutos, Payet cobrou bem a falta, e Milik quase alcançou. Dois minutos depois, Kamara ficou com o rebote e chutou com força, mas para fora.

Aos nove, o PSG chegou bem pela primeira vez. Neymar lançou para Di María, que jogou para o meio da área. Mbappé tentou a cabeçada e por pouco não alcançou a bola. No lance seguinte, foi Messi quem lançou para o francês, mas ele não dominou.

Neymar chuta, Luan Peres faz contra, mas VAR anula

O PSG já mostrava que suas infiltrações seriam o grande problema para o Olympique de Marselha. Foi em um lance assim, em passe de Di María para Neymar, que o time balançou a rede.

O brasileiro chutou com força, e a bola foi para o meio da área. Luan Peres tentou tirar, mas acabou mandando para a própria rede. Depois de alguns instantes, o VAR anulou o lance por impedimento de Neymar.

Olympique abre o placar? E também é anulado

Após cruzamento, Milik dominou com facilidade, olhou para o gol defendido por Navas e mandou uma bomba, sem chances para o goleiro. Só que, um pouco depois, o VAR anulou o lance por conta da posição de Lirola, que estava impedido antes de cruzar para Milik.

Jogo fica aberto

Depois dos gols anulados, o ritmo do jogo voltou ao normal. Aos 26, Messi tocou para Di María, que cruzou de volta para o meio da área. Messi conseguiu cabecear sozinho, mas Pau López desviou para escanteio.

Aos 40 minutos, o Olympique teve um bom contra-ataque, e Ünder ficou de frente para Navas, mas demorou a finalizar e jogou para fora. No lance seguinte, Messi tabelou com Mbappé e chutou colocado, também para fora.

Olympique volta ligado

No segundo tempo, o Olympique de Marselha voltou com mais intensidade, tentando montar jogadas rápidas e com passes longos. Em uma jogada assim, Ünder recebeu a bola e correu lado a lado com Hakimi, que o derrubou. Após consulta no VAR, o lateral do PSG foi expulso. Payet, na cobrança de falta, mandou para fora.

Aos 18, Payet cruzou para o meio da grande área, na cabeça de Rongier, mas ele não conseguiu acertar o gol defendido por Navas.

Até mesmo um torcedor do Olympique de Marselha atrapalhou o PSG. Quando Messi partia em contra-ataque aos 27, o torcedor invadiu o campo e parou a jogada, o que fez com que a defesa do time de Marselha se reorganizasse.

PSG fica acuado

Após a expulsão de Hakimi, o PSG ficou mais acuado, enquanto as trocas promovidas por Sampaoli fortaleciam o Olympique de Marselha.

Aos 31, Ünder cruzou do lado direito da área, a bola passou por todo mundo, e De la Fuente ficou cara a cara com Navas. Ele tentou a finalização de primeira, com o pé direito, mas pisou na bola e desperdiçou a chance.

Aos 45, Guendouzi teve a última boa chance para o Olympique, mas Navas conseguiu fazer a defesa.

FICHA TÉCNICA
OLYMPIQUE DE MARSELHA 0 x 0 PARIS SAINT-GERMAIN

Motivo: 11ª rodada do Campeonato Francês
Data e horário: 24/10/2021, 15h45 (de Brasília)
Local: Velódrome, em Marselha
Cartões amarelos: Jorge Sampaoli (OM), Rongier (OM), Danilo Pereira (PSG)
Cartão vermelho: Hakimi (PSG)

Olympique de Marselha: Pau López, Rongier (De la Fuente), Saliba, Caleta-Car, Luan Peres, Guendouzi, Kamara (Gueye), Ünder (Gerson), Payet, Lirola e Milik (Dieng). Técnico: Jorge Sampaoli.

PSG: Navas, Hakimi, Marquinhos, Kimpembe, Nuno Mendes, Verratti (Gueye), Danilo Pereira, Messi, Di María (Kehrer), Neymar (Wijnaldum) e Mbappé. Técnico: Maurício Pochettino.