PUBLICIDADE
Topo

Esporte

"Muitos pensavam que seria pior", afirma técnico da Venezuela após 3 a 0

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

13/06/2021 21h50

Classificação e Jogos

O técnico da Venezuela, José Peseiro, elogiou o comportamento de seus jogadores após a derrota por 3 a 0 para o Brasil, hoje (13), na abertura a Copa América. Cheio de problemas devido ao surto de covid-19, o português lembrou que o time não conseguiu se preparar corretamente, mas ainda assim fez um jogo aceitável.

"Não é não ter jogadores de referência para o time, ter 16 desfalques (entre covid e lesionados). É ter jogadores que nunca jogaram na seleção, cinco que jogam na Liga Venezuelana. E estes meninos tentaram fazer tudo que queríamos fazer. Jogar com bloco fechado, compactar, não dar espaços. Estou contente com eles. Quem dá o que pode, a mais não é obrigado. Não se pode estar contente com um 3 a 0, mas poderia ser pior. Muitos pensavam que seria pior. E mostramos que não", afirmou o treinador.

Segundo ele, pesou a falta de uma preparação adequada. Em razão dos testes para covid-19, o time da Venezuela não treinou na véspera da partida e teve em campo um jogador que chegou ao Brasil ontem.

"Eu gostaria de poder fazer mais. Eu gostaria de competir até o final sem perder por 3 a 0, de dar mais dificuldades ao Brasil. E quando um placar assim acontece, não podemos estar satisfeitos ou contentes. Mas tenho muito orgulho desses jogadores. O povo venezuelano tem que dizer que estes meninos fizeram um grande trabalho, dentro do possível", completou Peseiro.

A Venezuela, agora, se prepara para o jogo da próxima quinta-feira, contra a Colômbia, em Goiânia.

Esporte