PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Após vitória na Sul-Americana, Atlético-GO vacina delegação no Paraguai

Jogador do Atlético-GO recebe primeira dose da vacina contra covid-19 no Paraguai - Reprodução/Twitter
Jogador do Atlético-GO recebe primeira dose da vacina contra covid-19 no Paraguai Imagem: Reprodução/Twitter

07/05/2021 00h46

Além da vitória por 2 a 1 sobre o Libertad, pela terceira rodada do Grupo F da Copa Sul-Americana, o Atlético-GO também vai retornar de Assunção (PAR) com sua delegação vacinada contra a covid-19. Ontem (6), depois do jogo, o clube usou suas redes sociais para informar que todos os membros da delegação haviam tomado a primeira dose da vacina Sinovac.

As vacinas foram doadas à Conmebol pelo laboratório chinês Sinovac e disponibilizadas aos clubes que participam das competições da entidade. Apesar da doação, os clubes brasileiros que queiram vacinar seus integrantes terão de fazê-lo fora do território nacional. Isso porque as vacinas doadas à Conmebol que entrarem no país terão de ser repassadas ao Sistema Único de Saúde (SUS), como determina a atual legislação (Lei nº 14.125/2021) para utilização no Programa Nacional de Imunizações (PNI).

A sede da Conmebol fica na capital paraguaia e foi no prédio da entidade que comanda o futebol no continente americano que a vacinação foi realizada. O Atlético-GO não informou como nem quando a segunda dose será aplicada.

Presidente do Dragão, Adson Batista, usou sua conta pessoal na rede social para postar um vídeo registrando o momento em que recebeu a primeira dose e agradecer pela vacinação. Segundo ele, 44 integrantes da delegação foram imunizados. "Agradeço imensamente à @Conmebol por terem dado todo apoio ao clube para vacinação de todos. Seremos eternamente gratos!"

A divulgação da imunização feita no Paraguai gerou manifestações variadas na postagem do Atlético-GO. Alguns seguidores do clube comemoraram a situação. Outros questionaram a decisão por representar uma quebra na ordem de prioridade para vacinação estabelecida pelas autoridades sanitárias brasileiras.

O Atlético-GO é o atual líder do Grupo F da Sul-Americana, com sete pontos, um a mais que o Libertad. A equipe goiana soma duas vitórias e um empate na competição. O Dragão volta a jogar pelo torneio na quarta-feira (12), quando recebe o Palestino, lanterna do grupo e que ainda não venceu nenhuma partida.

Futebol