Topo

Futebol


Juca Kfouri: "Eu corto o braço se o Flamengo não for heptacampeão"

Do UOL

Em São Paulo

07/10/2019 11h53

No podcast Posse de Bola desta semana, Arnaldo Ribeiro, Eduardo Tironi, Juca Kfouri e Mauro Cezar Pereira analisam como fica a situação do Flamengo após aumentar sua vantagem sobre o Palmeiras na liderança do Campeonato Brasileiro no fim de semana. Faltando 15 rodadas e com o futebol que os clubes estão apresentando, Juca Kfouri não vê o Flamengo perdendo o título.

"Eu corto o braço se o Flamengo não for heptacampeão brasileiro", afirma Juca.

"Eu detesto previsões, mas eu acho que ninguém rasga mais. Acho que quarta-feira o Flamengo vai estar mais adiante porque na quinta ganha do Galo e o Palmeiras eu não sei se ganha do Santos na Vila Belmiro", completa.

Para Arnaldo Ribeiro, o Flamengo de Jorge Jesus pode ser um marco para o futebol brasileiro caso consiga vencer o Campeonato Brasileiro e a Libertadores utilizando o time principal em ambas as competições.

"O Jorge Jesus tem quebrado aquela máxima de que não dá pra jogar duas competições com o mesmo time, com os mesmos jogadores. Se a gente for pensar, até o Grêmio pegando o exemplo do Renato, é a terceira temporada que o Grêmio não está jogando para ganhar o Brasileiro. A gente fica pensando: se o Grêmio tivesse jogado um desses campeonatos, talvez poderia ter ganhado um Brasileiro que ele não ganha desde 1996", analisa.

O VAR mais uma vez foi protagonista em uma semana de jogos pelo Campeonato Brasileiro e também na primeira semifinal da Libertadores entre Grêmio e Flamengo.

"A gente viu na quarta-feira como os gols do Flamengo foram anulados. Não tinha software nenhum, não tinha pontilhadinho, coisa nenhuma. Era 'pra lá, pra cá, mas un poquito, poquito? impedido'. Um negócio completamente aleatório, uma porcaria. O VAR da CBF parece o da Premier League perto da Conmebol. Aquele vídeo (de quarta-feira) foi vergonhoso. Imagina se fosse com o Palmeiras, o presidente do Palmeiras ia nascer até cabelo nele de tão revoltado que ele ia ficar, imagine a raiva do Galiotte", disse Mauro Cezar.

"Aqui você mostra o pontilhado e o cara fala que a bunda do jogador é muito grande, é pequena, aí surgem os especialistas de geometria dizendo que a linha está torta. Se você olhar uma estrada infinita, ela vai ficando fininha, vai desaparecendo. As pessoas começam a distorcer até a geometria", completa.

Depois de empatar em casa com o Atlético-MG, o Palmeiras vai à Vila Belmiro para enfrentar o Santos e um novo tropeço pode deixar o título mais distante.

O Corinthians segue vencendo sem jogar um futebol de encher os olhos, enquanto o São Paulo conseguiu a primeira vitória sob o comando de Fernando Diniz diante do Fortaleza. Os clubes se enfrentam no próximo fim de semana, no Morumbi.

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter). A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts.

Você pode ouvir o Posse de Bola em seu tocador favorito, quando quiser e na hora que quiser. O Posse de Bola está disponível no Spotify e na Apple Podcasts e no Google Podcasts . Basta buscar o nome do programa e dar play no episódio desejado. No caso do Posse de Bola, é possível ainda ouvir via página oficial do UOL e YouTube do UOL. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

Futebol