Topo

Francês - 2019/2020


Neymar supera pressão da torcida do Lyon e faz gol da vitória do PSG

Neymar comemora gol do PSG sobre o Lyon - Emmanuel Foudrot/Reuters
Neymar comemora gol do PSG sobre o Lyon Imagem: Emmanuel Foudrot/Reuters

Colaboração para o UOL, em São Paulo

22/09/2019 17h59

O atacante Neymar superou a pressão da torcida do Lyon e garantiu a vitória do PSG por 1 a 0 com um gol no final do jogo hoje (22) fora de casa na sexta rodada do Campeonato Francês. O brasileiro articulou as principais jogadas em uma partida difícil e conseguiu sair premiado com um gol aos 41 minutos do segundo tempo.

Durante o segundo tempo e na comemoração do gol, Neymar foi alvo de objetos atirados pela torcida da casa. E ainda saiu vaiado nos acréscimos. Mesmo assim, foi o grande nome do jogo.

Com o resultado, o PSG foi aos 15 pontos na classificação, com três de vantagem sobre Angers e Nice. O Lyon estacionou na nona colocação, com oito pontos conquistados e uma campanha composta por duas vitórias, dois empates e duas derrotas até aqui.

A partida começou movimentada, com os dois times procurando espaço para encaixar suas jogadas de ataque. Aos quatro minutos, Neymar conseguiu uma boa enfiada de bola para Di Maria, mas o argentino acabou parado pelo zagueiro brasileiro Marcelo. Na sequência, foi a vez do Lyon tentar com uma finalização de Thiago Mendes que levou susto, mas passou por cima da meta defendida pelo goleiro Navas.

Aos 12 minutos, o PSG obrigou o goleiro Lopes a praticar boa defesa em chute de Choupo-Moting, que recebeu de Di Maria e chutou cruzado. Lopes voltou a salvar o Lyon dez minutos depois, quando Neymar escapou da marcação após passe também de Di Maria e finalizou para a defesa do goleiro.

O encontro entre Neymar e Lopes aconteceu novamente aos 40 minutos do primeiro tempo, quando o brasileiro bateu uma falta com perigo. O arqueiro se esticou todo para impedir o gol. Foi a última grande chance da etapa inicial, e os times foram para o intervalo com o empate sem gols no placar.

O segundo tempo se iniciou com o ritmo mais intenso do que a partida. Logo aos quatro minutos, Neymar lançou boa bola para Meunier, mas o lateral não conseguiu alcançar. Na sequência, Houssem Aouar recebeu cruzamento de Koné, estava livre, mas chutou por cima do gol.

O jogo continuava bastante intenso, mas o PSG tinha as chances mais perigosas, principalmente nas cobranças de escanteio de Neymar, mas que eram pouco aproveitadas pelos demais jogadores do time de Paris.

Di Maria voltou a ter boa chance para o PSG aos 26 minutos, mas isolou a finalização. O técnico Thomas Tuchel mudou o time tirando Herrera e Bernat e colocando Verratti e Kimpembe. O Lyon também mexeu na formação, substituindo Adélaide e Marcelo por Tousart e Kenny Tete. Mesmo assim, a partida seguia marcada por jogadas truncadas e chances perdidas.

Na reta final da partida, o PSG buscava mais o gol e permanecia quase o tempo todo no ataque, forçando o recuo do time local. Neymar e Di Maria protagonizavam as jogadas mais importantes do time de Paris, mas a equipe continuava sem ter sucesso nas investidas contra a meta adversária.

Foi aos 41 minutos da etapa final que Neymar conseguiu finalmente fazer a diferença. Após triangulação com Verratti e Di Maria, o atacante brasileiro chutou cruzado com força, tirando do goleiro Lopes e abrindo o placar. Aos 46 minutos, o craque foi substituído, recebendo vaias da torcida local. O Lyon ainda teve chance de empatar no minuto final com Koné, mas o chute saiu à esquerda do goleiro Navas.

Errata: o texto foi atualizado
Ao contrário do que dizia a versão anterior do texto, foi a torcida mandante que atirou objetos na direção de Neymar, não a visitante. A informação foi corrigida.
Diferentemente do que foi publicado na versão inicial deste texto, Sylvinho é técnico do Lyon, não do PSG. O técnico do PSG é Thomas Tuchel. A informação foi corrigida.
ESPN, Ei PLus e Fox Sports

Assista aos jogos e programas de ESPN, EI Plus e Fox Sports sem TV a cabo.