PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Juiz de Palmeiras x SPFC diz que VAR "salvou" e justifica tempo de revisão

Thiago Calil/AGIF
Imagem: Thiago Calil/AGIF

Do UOL, em São Paulo

10/04/2019 14h23

Árbitro do clássico Palmeiras 0 x 0 São Paulo no último domingo, Flavio Rodrigues de Souza disse, em entrevista ao "SporTV", que o uso do árbitro de vídeo (VAR) salvou a arbitragem de polêmicas ao indicar dois impedimentos em lances que resultaram em gols, um para cada time.

Primeiro Liziero e posteriormente Deyverson chegaram a balançar as redes no Allianz Parque, mas a utilização da tecnologia mostrou irregularidades, o que para o árbitro mostra a importância do recurso no Campeonato Paulista.

"Isso não pode negar, ajuda muito. Uma situação como na Arena do Palmeiras era uma decisão muito difícil e digo até humanamente impossível ver (o gol anulado do Palmeiras). A tecnologia salvou e impediu que se criasse uma polêmica em cima disso. Traz uma segurança maior, conseguimos trabalhar melhor com o aparato do VAR", disse.

Flavio Rodrigues de Souza ainda justificou o longo tempo de revisão nos dois lances com a preocupação em acertar na marcação. Ele admitiu que, mesmo com a visão certa na primeira revisão, preferiu repetir a observação por mais vezes para que tivesse 100% de certeza em sua marcação.

"Existe um cuidado muito grande neste primeiro momento. A grande questão é não errar. O tempo é importante, mas ele vem em segundo plano, porque o primeiro é acertar na decisão. Com o andar do campeonato as coisas ficando mais ao controle, tende a diminuir (o tempo de revisão)", disse.

"A grande preocupação é de não errar. Acaba vendo 3, 4 vezes aquela situação que você já tem uma visão. É mais aquele reforço para não dar errado, para ver que o VAR veio para ajudar. A grande preocupação com o acertar leva a esse maior tempo", completou.

Depois do empate por 0 a 0 no tempo normal, o São Paulo venceu o Palmeiras nos pênaltis e avançou para a decisão contra o Corinthians. Houve reclamações palmeirenses com o uso do VAR, mas focadas mais no primeiro jogo entre as equipes no Morumbi, no qual um pênalti em cima de Dudu foi cancelado.

Futebol