PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Operário da Arena do Grêmio morre atropelado; colegas protestam com fogo em alojamento

Bombeiros trabalham para controlar incêndio no alojamento dos funcionários da Arena  - Neco Varella/AE
Bombeiros trabalham para controlar incêndio no alojamento dos funcionários da Arena Imagem: Neco Varella/AE

Marinho Saldanha

Em Porto Alegre*

02/10/2011 22h56

A reclamação dos empregados é em relação a localização dos dormitórios. Diariamente eles são obrigados a cruzar uma das rodovias mais movimentadas do Rio Grande do Sul. Após o atropelamento, colegas de José Machado tentaram linchar o motorista do veículo. Frustrados pelos policiais presentes, cerca de 500 manifestantes atearam fogo no alojamento.

Operários protestam com fogo na Arena do Grêmio
Veja Álbum de fotos

Os bombeiros de Porto Alegre tiveram trabalho para conter o incêndio no bairro Humaitá, zona norte de Porto Alegre. O local está interditado para pericia. A Polícia Militar foi chamada para controlar qualquer tentativa de nova manifestação. Os operários, com ânimos mais calmos, serão deslocados para hotéis em Porto Alegre, isto porque não há alojamento para passar a noite.

A assessoria de imprensa da OAS - empresa responsável por gerir a obra da Arena do Grêmio - divulgou nota oficial ainda no domingo. Segundo o documento publicado no site oficial do clube, o funcionário estava de folga e a situação controlada. Em contato com a reportagem do UOL Esporte, a assessoria informou que a responsabilidade também é gremista.Segundo a nota, após um momento de luto, na manhã de segunda-feira, as obras serão retomadas normalmente.

A Arena do Grêmio passa longe de ter construção tranquila. Os operários, a maioria oriunda das regiões norte e nordeste do país, já entraram em greve duas vezes alegando más condições de trabalho. Além disso, os alojamentos, destruídos pelo fogo neste domingo, foram reformados recentemente por ser objeto de reclamação.

O Ministério do Trabalho do Rio Grande do Sul também embargou a obra. Com previsão de inauguração em novembro de 2012, o cronograma está adiantado. Inicialmente campo de treinamentos para Copa do Mundo de 2014, o Grêmio trabalha nos bastidores para "barrar" o Beira-Rio e ter sua casa como palco de jogos.

*Atualizado às 00h58

Esporte