PUBLICIDADE
Topo

UOL de Primeira

Os bastidores do futebol em primeira mão


UOL de Primeira

São Paulo tenta acordo em dívida por Tchê Tchê antes de decisão do TAS

Exclusivo para assinantes UOL

Thiago Fernandes

Do UOL, em São Paulo

06/05/2021 04h00

O São Paulo tenta um acordo com o Dínamo de Kiev, da Ucrânia, pela dívida de R$ 22,5 milhões pela aquisição de Tchê Tchê — a pendência é reconhecida em balanço pelo departamento financeiro. A ideia da cúpula é fazer um acordo com os europeus antes da decisão do Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) sobre o pagamento. A clube do Morumbi encontra resistência dos ucranianos, mas segue em conversas a fim de obter o parcelamento do valor. A definição da entidade que julga a última instância deve ser conhecida no início deste mês de maio.

Tchê Tchê foi contratado pelo São Paulo em 2019, por um preço de 5 milhões de euros (os mesmos R$ 22 milhões à época), que seriam pagos de forma parcelada. Contudo, a gestão de Carlos Augusto Barros e Silva, o Leco, antecessor de Julio Casares, desembolsou apenas cerca de 1,75 milhão de euros (R$ 11,84 milhões na cotação atual), não cumpriu os demais prazos à risca e foi obrigada a renegociar o modelo de pagamento de uma das prestações. A repactuação também não foi cumprida, o que irritou os ucranianos. Em janeiro de 2020, o ex-clube de Tchê Tchê foi à Fifa com o intuito de cobrar o valor.

UOL de Primeira