PUBLICIDADE
Topo

UOL de Primeira

Os bastidores do futebol em primeira mão


Médicos de clubes mostram preocupação e temem "caso Chape" no Paulistão

Fernando Moreno/AGIF
Imagem: Fernando Moreno/AGIF
Exclusivo para assinantes UOL

Do UOL, em São Paulo

22/07/2020 04h00

Em videoconferência realizada na última segunda-feira (20), médicos de todos os clubes do Campeonato Paulista debateram com representantes da Federação Paulista de Futebol (FPF) os detalhes da volta dos jogos. Alguns mostraram preocupação com o protocolo elaborado pela entidade, temendo que a pressa culmine em um surto de coronavírus entre os jogadores - uma espécie de "caso Chapecoense", clube que já teve 26 casos da doença.

Na reunião, discutiram a possibilidade de atletas com covid-19 serem liberados para jogar, mas só aqueles que tenham testando positivo por mais de 14 dias - e portanto, em tese, não transmitissem mais a doença. Foi preciso um esclarecimento do infectologista David Uip, chefe do Centro de Contingência do Coronavírus no estado, para que a possibilidade arriscada fosse abandonada. (Por Arthur Sandes)

UOL de Primeira