Topo

UOL de Primeira

Os bastidores do futebol em primeira mão


Presença de vice do São Paulo gera "climão" em ônibus com jogadores

Vice Roberto Natel (foto) foi interpelado por Fernando de Barros e Silva, o filho do presidente Leco, em porta de ônibus - Daniel Vorley/AGIF
Vice Roberto Natel (foto) foi interpelado por Fernando de Barros e Silva, o filho do presidente Leco, em porta de ônibus Imagem: Daniel Vorley/AGIF
Exclusivo para assinantes UOL

Do UOL, em São Paulo

02/10/2019 04h00

A presença do vice-presidente do São Paulo, Roberto Natel, durante a estadia da equipe no Rio de Janeiro para o jogo contra o Flamengo, no último fim de semana, surpreendeu muita gente e gerou mal-estar. Antes de entrar no ônibus com o elenco que seguia para o Maracanã, o dirigente foi interpelado por Fernando de Barros e Silva, o filho do presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco. A conversa entre os dois durou pouco, mas deixou o clima mais pesado, segundo pessoas que estavam no local e ouvidas pela De Primeira.

Fernando disse a Natel para se assumir como oposição. O dirigente respondera que era preciso respeitá-lo, porque ele era o vice. Na sequência, ouviu que "ele que deveria se fazer respeitar". Natel argumentou com pessoas próximas que pagou a sua viagem e, na ausência de Leco, era o representante do clube no Rio. O "climão" do último jogo foi mais um episódio em que Natel se colocou contrário à gestão. Aliados durante o pleito, eles racharam ao longo do mandato, que teve início em abril de 2017. Procurados, ambos não negaram os fatos, mas evitaram se pronunciar sobre o caso. (Por José Eduardo Martins)

UOL de Primeira