PUBLICIDADE
Topo

Notícias em primeira mão dos bastidores do futebol, informações exclusivas sobre o seu time, novidades do mercado da bola e o melhor do jornalismo esportivo em um só lugar. Só para assinantes UOL!

Arthur encara pressão no Barça após ida à festa de Neymar e lesão

Meia Arthur (e) se lesionou após jogo do Barcelona contra o Real Madrid e sofreu críticas internas no clube catalão - REUTERS/Albert Gea
Meia Arthur (e) se lesionou após jogo do Barcelona contra o Real Madrid e sofreu críticas internas no clube catalão Imagem: REUTERS/Albert Gea

Do UOL, em Paris, São Paulo, Belo Horizonte e Porto Alegre

13/02/2019 04h00

Arthur contou com o respaldo da comissão técnica do Barcelona para ir à festa de Neymar na antevéspera do clássico contra o Real Madrid, jogo realizado no último dia 6. Só que a lesão sofrida na coxa esquerda dias depois deixou o brasileiro em situação delicada no clube. Entre dirigentes e jogadores, o brasileiro ouviu críticas pelo que foi interpretado como descuido físico.

O estafe até aprovou a ideia, mas recomendou o repouso, o que, na interpretação de muitos, não ocorreu. Na terça (5), por exemplo, após a noite na comemoração de Neymar, Arthur treinou sem o devido descanso. O meia ainda passou horas de apreensão após sentir o problema em treinamento no clube e chegou a relatar para os próximos o temor de ausência no projeto da seleção brasileira para a Copa América. Após os exames, o clube catalão anunciou que o tempo de ausência das atividades será de 3 a 4 semanas. (Por João Henrique Marques)
 

Sampaoli pede dupla do Ituano que liderou goleada contra o Santos

O técnico Jorge Sampaoli pediu a contratação de Morato e Martinelli, atacantes do Ituano que comandaram a goleada contra o Santos por 5 a 1 no último dia 3, em Itu, pela 5ª rodada do Paulista. A missão não será fácil em relação a Martinelli. Revelado na base do Corinthians, o atacante de 17 anos brilhou na Copa São Paulo e está na mira até de clubes europeus. Morato, por sua vez, tem 26 anos e voltou ao Ituano neste ano após empréstimos a São Paulo e Sport. No Tricolor, ele chegou a pedido de Rogério Ceni em 2017, mas se lesionou em seu jogo de estreia. O camisa 10 marcou dois gols contra o Santos. (Por Samir Carvalho)

Kaká visitou o São Paulo por "dever" de ídolo e torcedor

O elenco do São Paulo recebeu a visita de Kaká no treino da última terça-feira. O encontro foi uma iniciativa do próprio ídolo, e não um convite do clube. Por estar na capital paulista e ver o Tricolor em momento delicado na Copa Libertadores da América, o ex-jogador entendeu que poderia ajudar com palavras de apoio aos atuais atletas da equipe. Um "dever" de quem é referência e torcedor do time. A atitude foi muito bem recebida pelo departamento de futebol são-paulino e mais ainda pelo elenco. Alguns jogadores se emocionaram com a visita, como o atacante Pablo, que chegou a mostrar foto antiga tirada com Kaká na época de Athletico Paranaense. Não foi feita nenhuma reunião formal ou palestra. Kaká trocou ideias com atletas e membros da comissão técnica antes e depois do treino no CT da Barra Funda. (Por Bruno Grossi)

C. Fiscal questiona terceiro empréstimo no Cruzeiro em pouco mais de 1 ano

O Cruzeiro contrairá o terceiro empréstimo em um ano e dois meses da atual gestão se obtiver êxito na busca pelos R$ 300 milhões com um fundo de investimento do exterior, conforme votado no Conselho Deliberativo na última segunda-feira (11). Além do primeiro empréstimo, em janeiro de 2018, avaliado em R$ 50 milhões e usado para quitar os atrasos salariais da antiga gestão, o clube recorreu a um empréstimo de R$ 70 milhões em março no fundo de investimentos Polo Capital Management, do Rio de Janeiro. Este foi um dos últimos atos de Divino Lima como diretor financeiro, cargo que deixou em 15 de março do ano passado. O clube tem um ano de carência para pagar o valor. A primeira parcela será quitada no próximo mês. Membros do conselho fiscal se queixam por não receber balanços trimestrais desde fevereiro de 2018. Procurada, a diretoria não atendeu às ligações. (Por Rodrigo Mattos e Thiago Fernandes)

Renato pressiona, e Grêmio cede a pedidos para fechar com Tardelli

O Grêmio fechou a contratação de Diego Tardelli no fim da tarde de terça-feira (12). E a negociação foi bastante complicada. Para contratar o jogador, a direção gremista precisou ceder duas vezes. Queria, inicialmente, um vínculo de um ano. Subiu para dois. E posteriormente fechou em três. O salário também extrapolou o teto gremista, batendo R$ 1 milhão somado a luvas e premiações. E não apenas pelo desejo de contar com o jogador, mas pela pressão de Renato Gaúcho. Com objetivo claro de contar com ele, foi Portaluppi quem colocou os cartolas contra a parede e exigiu que todo esforço fosse feito para fechar a chegada. Renato conversou com Tardelli durante toda negociação e, em Porto Alegre, defendeu os interesses do jogador junto aos cartolas do clube. (Por Marinho Saldanha)

Ex-diretor deixou Atlético-MG por ser contra sistema de gestão e gastos

A saída de Carlos Fabel, ex-diretor de finanças e orçamento, ainda repercute no Atlético-MG. A coluna De Primeira descobriu que um dos motivos para o desligamento do antigo dirigente é a implementação de um novo sistema de gestão, conhecido como SAP ERP. A ideia de usar o software, que tem como objetivo controlar todas as áreas da empresa, desde processos de trabalho até remuneração de funcionários, foi do presidente Sérgio Sette Câmara e causou divergências entre o ex-cartola e o atual mandatário alvinegro. O ex-diretor de finanças e orçamento era contrário ao fato e chegou a expor a sua indignação. Outro aspecto que incomodou Fabel era o gasto excessivo em contratações. O crescimento da folha salarial não agradou ao então dirigente. (Por Thiago Fernandes)