PUBLICIDADE
Topo

Notícias em primeira mão dos bastidores do futebol, informações exclusivas sobre o seu time, novidades do mercado da bola e o melhor do jornalismo esportivo em um só lugar. Só para assinantes UOL!

Bandeira ignora clima de guerra e chama opositores para inaugurar CT do Fla

Eduardo Bandeira de Mello, presidente do Flamengo até o final de 2018 - Thiago Ribeiro/AGIF
Eduardo Bandeira de Mello, presidente do Flamengo até o final de 2018
Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF

Do UOL, no Rio de Janeiro, em São Paulo e Belo Horizonte

29/11/2018 04h00

O Flamengo inaugura na próxima sexta-feira (30) o novo módulo profissional do CT Ninho do Urubu. Badalado, o evento marca o último ato da gestão Eduardo Bandeira de Mello antes da eleição presidencial do dia 8 de dezembro. E, mesmo com clima de guerra eleitoral que toma conta do Rubro-negro, a diretoria decidiu que a festa no centro de treinamento contará com a presença de opositores.

Entre eles estão: Rodolfo Landim (candidato da Chapa Roxa), Wallim Vasconcellos e Cláudio Pracownik. Todos fizeram parte em algum momento da atual administração, mas acabaram rompendo com a situação. Bandeira de Mello e o Conselho Diretor estabeleceram critérios e convidaram personagens da política do clube independentemente dos grupos políticos que integram. Ex-presidentes, Grandes-Beneméritos, Beneméritos e Eméritos, independente de corrente política, também foram chamados, além de pessoas que ajudaram no processo. (Por Vinicius Castro)

Saída de Loss abre espaço para auxiliar de Carille em retorno

A ida de Osmar Loss para o Guarani em acordo anunciado na última quarta-feira abrirá espaço para o provável retorno de Leandro da Silva, o Cuca, ao Corinthians. O auxiliar técnico seguiu com Fábio Carille para o Al-Wehda em maio passado e, dessa forma, voltaria a ocupar o cargo. Isso porque Loss levará consigo o auxiliar Dyego Coelho. Além disso, Emílio Faro seguirá ao lado de Jair Ventura após a saída do treinador. Assim, o Corinthians ficaria sem três dos atuais quatro auxiliares.

O único a permanecer no cargo é o ex-volante Fabinho, que trabalharia ao lado de Cuca - o analista de desempenho Denis Luup, que também acertou com o Al-Wehda há seis meses, poderia se alçado à função. Se isso for consolidado, Carille voltaria ao Corinthians com a mesma configuração de meses atrás, com três auxiliares. (Por Arthur Sandes e Diego Salgado)

Romário confirma presença, e Sheik aguarda R10 em despedida

A despedida de Emerson Sheik contará com a presença dos responsáveis pelo título mundial do Corinthians em 2012. Mais do que isso, terá outros nomes campeões do mundo. Estes últimos, no entanto, pela seleção brasileira. Principal nome do tetracampeonato de 1994, Romário já confirmou ao amigo anfitrião que estará no gramado da Arena Corinthians no evento do dia 7 de dezembro. Outro convidado ilustre que deve marcar presença é Ronaldinho Gaúcho. O campeão em 2002 disse a Sheik que as chances de participar da festa são elevadas. (Por Pedro Ivo Almeida)

Lucas Romero recebe oferta do Lyon, e Cruzeiro avalia negócio

Lucas Romero pode deixar o Cruzeiro na próxima janela de transferências do futebol internacional para defender as cores do Lyon, da França. O argentino recebeu uma oferta do clube nos últimos dias, e o agente Alberto Stagliano conversa com a diretoria da Raposa para saber a possibilidade de levá-lo à Europa. A negociação é conduzida pelo representante do jogador e o diretor de futebol Marcelo Djian. O cartola trabalhou como observador do clube francês no Brasil nas duas últimas décadas. Ele foi o responsável por levar nomes como Juninho Pernambucano, Cris e Cláudio Caçapa ao time da Ligue 1. Procurado para comentar o caso, o diretor de futebol do time mineiro, Marcelo Djian, informou oficialmente não saber nada do assunto. (Por Thiago Fernandes)

SPFC procura dois auxiliares para comissão técnica de Jardine

O São Paulo procura no mercado da bola quem poderá ser contratado para atuar como auxiliar técnico de André Jardine em 2019. Segundo apurou a De Primeira, a ideia é que o treinador gaúcho tenha à disposição dois auxiliares em sua equipe. Nesta reta final do Brasileirão, ele conta com os integrantes do departamento de análises de desempenhos como auxiliares - Luis Felipe Batista e Raony Tadeu estão se revezando na função. Outra possibilidade estudada por Jardine é trazer um preparador físico. O uruguaio Diego Aguirre, demitido após o empate no clássico com o Corinthians, tinha o compatriota Fernando Piñatares em sua comissão. Hoje, o profissional trabalha com os preparadores Pedro Campos e Henrique Martins, que são funcionários da equipe permanente do clube. (Por José Eduardo Martins)