PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Primeiro filipino a jogar na Premier League já perdeu casa e morou de favor

Neil Etheridge comemora pênalti defendido contra o Newcastle - Action Images via Reuters/Carl Recine
Neil Etheridge comemora pênalti defendido contra o Newcastle Imagem: Action Images via Reuters/Carl Recine

Thiago Rocha

Do UOL, em São Paulo (SP)

22/08/2018 04h00

Goleiro do Cardiff City, Neil Etheridge colocou as Filipinas no mapa da Premier League, o campeonato nacional mais global do futebol. Ele nasceu em Londres, mas adotou desde 2010 a nacionalidade filipina, a mesma da mãe, para defender. Desta forma, o país asiático se tornou a 113ª nação a ter um representante na elite do Campeonato Inglês.

Mas a estreia de Etheridge na primeira divisão inglesa já ultrapassou questões geográficas. Em dois jogos pela equipe galesa, ele se tornou o primeiro goleiro desde o norueguês Erik Thorstvedt, em 1992, pelo Tottenham, a defender duas cobranças de pênalti nas duas primeiras rodadas da Premier League.

Contra o Bournemouth, fora de casa, no dia 11, o filipino espalmou rente à trave esquerda a tentativa do atacante Callum Wilson, mas não evitou a derrota do Cardiff por 2 a 0. No último sábado (18), diante do Newcastle, Etheridge bloqueou a cobrança do meia brasileiro Kenedy, ex-Fluminense, e garantiu o empate em 0 a 0, no País de Gales, atuação que o colocou como o melhor goleiro da rodada.

Revelado pelo Chelsea e com passagens pelas seleções de base da Inglaterra antes de decidir representar as Filipinas, Neil Etheridge usufrui aos 28 anos a ascensão de uma carreira que quase acabou precocemente há quatro anos.

Entre 2008 e 2014, o goleiro esteve vinculado ao Fulham, mas nunca disputou uma partida oficial pelo time de Londres. Emprestado, Etheridge perambulou por equipes de divisões inferiores (Leatherhead, Charlton, Bristol Rovers e Crewe Alexandra), mas sem se firmar.

Ao fim do contrato com o Fulham, ele ficou cinco meses desempregado. Sem propostas, aceitou pagar para treinar no Charlton Athletic e, para isso, vendeu casa e carros, os únicos bens que conseguiu adquirir no início de carreira. Etheridge passou a morar de favor na residência de um amigo, onde dormia no sofá.

Etheridge - Action Images via Reuters/Carl Recine - Action Images via Reuters/Carl Recine
Etheridge defende pênalti do meia brasileiro Kenedy, do Newcastle
Imagem: Action Images via Reuters/Carl Recine

Quando estava prestes a largar tudo e se mudar para as Filipinas, onde acreditava conseguir emprego por ser goleiro da seleção nacional, Etheridge foi procurado pelo Oldham Athletic, atualmente na quarta divisão inglesa, para ser reserva. Ele aceitou. Não jogou, mas conseguiu voltou ao Charlton (agora sem pagar) e, posteriormente, reforçou o Walsall, pelo qual disputou 93 partidas em duas temporadas na League One, a terceira divisão nacional.

As atuações chamaram a atenção do Cardiff. Com Etheridge como titular em 45 dos 46 jogos na temporada passada, os galeses não levaram gols em 19 partidas e foram promovidos à primeira divisão após serem vice-campeões da Championship. Como prêmio, o clube renovou o contrato do goleiro até junho de 2021.

"É uma indústria difícil de se manter. Posso olhar para trás agora e ver que isso me fez uma pessoa muito mais forte", afirmou o filipino em entrevista ao Wales Online.

A boa fase também o contempla com a camisa das Filipinas. Com 59 partidas disputadas pela seleção local, ele ajudou o país a se classificar pela primeira vez aos Jogos Asiáticos.

"Tudo o que passei é da vida de um jogador de futebol. Fui da base do Chelsea, tive chance de jogar Premier League e Liga Europa e fiquei desempregado. Tudo agora está no passado, mas são memórias que ficarão para sempre comigo", disse. "O caminho foi longo e árduo, mas estou orgulhoso", completou.

Ele não escala a si próprio na Premier League virtual

O primeiro filipino a atuar na elite inglesa reconhece e comemora o momento favorável. Mas, quando se trata do fantasy game da Premier League, jogo virtual em que os usuários montam os seus times e pontuam com base nas estatísticas das partidas reais, Etheridge não se escala como titular no próprio time.

A atuação diante do Newcastle fez dele o goleiro que mais pontuou na rodada passada do Inglês. Como não é um nome conhecido, poucos participantes do game o haviam colocado em seus times como titular.

Um jornalista de Newcastle notou essa peculiaridade do time virtual do jogador e colocou no Twitter. "Até Neil Etheridge tinha Neil Etheridge no banco de reservas", escreveu. O goleiro respondeu à postagem com uma gargalhada. Neste sábado (25), contra o Huddersfield Town, ele terá nova chance de brilhar na Premier League, e de reparar essa injustiça com ele próprio no fantasy game.

Esporte