PUBLICIDADE
Topo

Gaúcho - 2019

Inter detecta problema ofensivo e prepara primeira chance a Tréllez

Tréllez ganha vaga para começar pela primeira vez no time do Inter - Ricardo Duarte/Inter
Tréllez ganha vaga para começar pela primeira vez no time do Inter Imagem: Ricardo Duarte/Inter

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

29/01/2019 12h11

Ainda que o treinamento desta terça-feira (29) tenha mostrado pouco sobre o time, o Internacional está inclinado a dar a primeira chance a Santiago Tréllez como titular. Para resolver os problemas ofensivos da equipe, Odair Hellmann desloca Pottker e repõe um centroavante de ofício no comando de ataque. 

Como mostrou o UOL Esporte, a falta de um centroavante de embate físico já prejudicava o modelo de jogo escolhido no ano passado quando Damião não podia jogar. Agora sem ele, transferido ao futebol japonês, a situação mostrou-se preocupante nos primeiros compromissos do ano. 

A opção por Tréllez se tornou lógica. Até porque o jogador foi pedido do comando técnico, que sublinhou a necessidade de um atleta deste perfil para o melhor andamento do time. 

Com a entrada, Pottker é deslocado para o lado esquerdo e Patrick deixa a equipe. Desta forma, a tendência de time para encarar o Veranópolis na quarta-feira tem: Marcelo Lomba; Bruno, Rodrigo Moledo, Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado, Edenílson, D'Alessandro, Nico López e Pottker; Tréllez. 

Egresso do São Paulo, Tréllez estreou nos minutos finais da partida contra o São José-RS, no último domingo. Agora poderá começar pela primeira vez na equipe principal. 

Uendel e Zeca seguem afastados por lesão. O Colorado encara o VEC no estádio Antonio Davi Farina às 19h15 pela quarta rodada da primeira fase do Gauchão. 

Confira os relacionados para o jogo:
 
Goleiros: Marcelo Lomba e Daniel
Laterais: Bruno, Heitor e Iago
Zagueiros: Rodrigo Moledo, Cuesta e Klaus
Volantes: Rithely, Edenílson, Rodrigo Dourado, Rodrigo Lindoso e Patrick
Meias: D'Alessandro, Sarrafiore e Wellington Silva
Atacantes: Tréllez, Pottker, Neilton, Guilherme Parede, Nico López e Rafael Sobis