PUBLICIDADE
Topo

Gaúcho - 2019

Odair cita pré-temporada e ritmo após derrota do Inter com titulares

Treinador do Inter lembrou situação física do elenco e falta de ritmo de jogo  - Ricardo Duarte/Inter
Treinador do Inter lembrou situação física do elenco e falta de ritmo de jogo Imagem: Ricardo Duarte/Inter

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

25/01/2019 01h10

Odair Hellmann citou a pré-temporada ainda em andamento e seus feitos ao falar do desempenho do Internacional contra o Pelotas, nesta quinta-feira (24), no Beira-Rio. O treinador ainda lamentou a quebra no histórico recente do time como mandante. No ano passado, o Colorado perdeu apenas duas vezes em casa e agora já inicia com derrota.

O Pelotas venceu o Inter de virada, por 2 a 1 teve gols de Adriano Lara contra, Dão e Felipe.

"Iniciamos bem a partida, com boa intensidade e abrimos o placar. Perdemos um pouco com o processo de pré-temporada. O Pelotas competiu muito bem, sem criar perigo. Em uma bola parada conseguiu o empate. Tentamos, criamos o empate, mas não entrou", disse Hellmann.

O domínio do Inter, no início contundente, se tornou estéril. Ainda assim, Nico López acertou a trave antes do intervalo dando ares de que a vitória poderia voltar a ser dos donos da casa. No início da etapa final, porém, o Pelotas voltou a usar a bola parada para marcar.

"Não gosto de perder. Quando você perde, sai chateado. Tem que doer. Nunca será natural. Mas precisamos entender o quão no início está. Produzimos para vencer. Tivemos 37 minutos com a bola no pé e o Pelotas oito. O Pelotas teve duas situações perigosas e fez dois gols. Nós tivemos oito ou 10 situações perigosas", comentou Odair. "Temos que dar méritos ao Pelotas e ao Gavilán, que veio com uma estratégia bem definida. Eles competiram muito forte e aproveitaram", acrescentou o treinador do Internacional.

Na próxima rodada, o Inter visita o São José-POA. A partida no estádio Passo D'Areia está marcada para domingo, às 17h (Brasília).