PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Neymar faz dois, e PSG mantém 100% de aproveitamento no Campeonato Francês

Neymar comemora gol que abriu o placar para o PSG contra o Nice - Jean-Paul Pelissier/Reuters
Neymar comemora gol que abriu o placar para o PSG contra o Nice Imagem: Jean-Paul Pelissier/Reuters

Do UOL, em São Paulo

29/09/2018 14h10

O Paris Saint-Germain segue imbatível no Campeonato Francês. Neste sábado (29), a equipe da capital teve poucas dificuldades para vencer o Nice por 3 a 0 fora de casa, com dois gols de Neymar e um de Nkunku, e manter seus 100% de aproveitamento. Agora são oito vitórias em oito jogos para os comandados de Thomas Tuchel.

Neymar foi o destaque do jogo, abrindo o placar com um lindo chute de fora da área, causando a expulsão de Cyprien e fechando a conta no final do segundo tempo. O brasileiro chegou a balançar a rede outra vez, mas o gol foi corretamente anulado por impedimento, com o auxílio do VAR.

A vitória levou o PSG a 24 pontos, folgado na liderança do Francês. O time volta a campo na quarta-feira (3), contra o Estrela Vermelha, pela Liga dos Campeões. Já o Nice, com 10 pontos, está no meio da tabela.

Neymar tem atuação decisiva

Neymar comemora - Jean-Paul Pelissier/Reuters - Jean-Paul Pelissier/Reuters
Imagem: Jean-Paul Pelissier/Reuters

O camisa 10 foi o grande destaque do PSG no jogo. Abriu o placar com um lindo chute de fora da área após jogada de Nkunku pela direita, comandou as ações ofensivas do time e ainda causou a expulsão de Cyprien no segundo tempo, ao aplicar um chapéu no adversário e ser parado com falta dura. Teria feito mais um se não fosse o VAR, que flagrou impedimento de Mbappé em lance que terminou com gol de Neymar ainda na primeira etapa. No finzinho, fez o terceiro, só empurrando para as redes após contra-ataque puxado por Mbappé.

PSG poupa titulares importantes

O técnico Thomas Tuchel poupou jogadores importantes do PSG, já de olho no jogo da próxima quarta contra o Estrela Vermelha, pela Liga dos Campeões. O goleiro Buffon, o meia Verratti e o atacante Cavani começaram no banco de reservas. Já o zagueiro brasileiro Marquinhos novamente foi titular como volante, enquanto Neymar, Mabppé e Nkunku formaram o trio de ataque. Do lado do Nice, o centroavante Balotelli só entrou no intervalo e pouco conseguiu fazer.

Nice assusta, mas Neymar abre o placar

O PSG dominou a posse de bola como esperado, mas sofreu com o veloz ataque do Nice. O principal destaque foi Saint-Maximin, que puxou contragolpes e infernizou a defesa do time visitante com seus dribles. À medida que o jogo foi passando, porém, a equipe de Paris foi melhorando e criando chances, até abrir o placar com Neymar. O volume poderia ter se transformado em mais gols, mas Di María e Rabiot erraram na pontaria em finalizações perigosas.

VAR anula o segundo gol do PSG

Mbappé - Jean-Paul Pelissier/Reuters - Jean-Paul Pelissier/Reuters
Imagem: Jean-Paul Pelissier/Reuters

Parecia que Neymar tinha feito 2 a 0 no final do primeiro tempo, mas o lance foi anulado com certo atraso após aviso do árbitro de vídeo. Mbappé, que fez a jogada e deu a assistência para o brasileiro, estava impedido na origem da jogada. Os jogadores do PSG já estavam comemorando havia algum tempo quando o juiz avisou que o gol havia sido invalidado.

Nkunku amplia e Nice tem jogador expulso

Neymar caído - Jean-Paul Pelissier/Reuters - Jean-Paul Pelissier/Reuters
Imagem: Jean-Paul Pelissier/Reuters

O segundo tempo não começou nada bem para o Nice. Logo no primeiro minuto, Nkunku fez 2 a 0 para o PSG, aproveitando rebote de chute de Mbappé. E aos 13 minutos, o time da casa ficou com um a menos: Cyprien parou Neymar com falta dura após tomar um chapéu, recebeu o segundo amarelo e foi para o chuveiro.

Neymar fecha a conta nos acréscimos

O Paris Saint-Germain aproveitou a vantagem numérica e pressionou até o fim, mas parou em grandes defesas do goleiro Benítez, que evitou uma goleada. Ele não conseguiu impedir o terceiro gol, porém. Já nos acréscimos, Mbappé foi lançado em velocidade, saiu na cara do gol e só rolou de lado para Neymar, que estufou a rede para dar números finais ao jogo.

Esporte