PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Renato agradece despedida e espera início "com o pé direito" em nova função

Siga o UOL Esporte no

Do UOL, em São Paulo

24/11/2018 23h14

Após encerrar a carreira como jogador na vitória por 3 a 2 do Santos contra o Atlético-MG, Renato já se prepara para exercer a nova função na Vila Belmiro. O agora ex-volante disse estar agradecido por tudo que conquistou como atleta e projetou um time competitivo para 2019. Ele passará a atuar como executivo de futebol do clube.

"Fico agradecido por tudo que eu fiz e espero começar com o pé direito no ano que vem, junto com outros profissionais. Ter um Santos competitivo para dar alegria para os torcedores", disse o ex-jogador ao Premiere.

Em sua despedida, Renato entrou em campo aos 37 minutos do segundo tempo, na vaga de Gabigol. Ele recebeu diversas homenagens ao longo da partida. Antes da bola rolar, os jogadores do Santos vestiram uma camisa de terno com o número 8 e a inscrição "#ObrigadoRenato" em homenagem ao veterano. No intervalo, o telão da Vila Belmiro exibiu vídeos de ex-companheiros, como Robinho e David Braz, e familiares.

O ídolo santista destacou que sonhava em encerrar a carreira pelo clube e afirmou também que a sensação de seu último jogo foi a mesma de quando estreou Santos, em 2000.

"Passa [um filme na cabeça], não tem como não passar. Principalmente com meus filhos que me acompanharam aqui nessa segunda passagem. Meu sonho era fazer a despedida aqui, é o time que torço desde pequeno. A sensação é a mesma de quando eu estreei. Foi mais sofrido do que esperava, mas a equipe lutou pelo resultado", acrescentou o jogador, que avaliou também o desempenho do Santos nesta temporada.

"A gente passou por momentos difíceis, ficar na zona de desconforto. O Santos, pela grandeza, não pode ficar [nessa situação]. Tivemos um campeonato de recuperação, faltou no final aquele sprint pela Libertadores. Agora é encerrar, com o dever cumprido, e no ano que vem planejar para dar títulos para o torcedor", finalizou.

Com o resultado neste sábado, o Santos encerrou uma sequência de cinco jogos sem vencer no Brasileiro. A equipe chegou a 50 pontos na tabela e assegurou vaga na próxima edição da Copa Sul-Americana.

Esporte