PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Levir festeja respiro e faz planos para encarar Corinthians e Barcelona-EQU

Do UOL, em São Paulo

28/08/2017 04h00

O Santos vai respirar. Serão 15 dias de intervalo entre o empate com o Cruzeiro, neste domingo, e o clássico contra o Corinthians no dia 10, na Vila Belmiro. A pausa é providencial, considerando que a equipe de Levir Culpi terá que encarar o líder do Campeonato Brasileiro e as quartas de final da Copa Libertadores na mesma semana.

“Essa pequena parada vai ser boa para dar um respiro, ficar com a família, e já pensar no Corinthians e na Libertadores. Teremos quase 100% do time em condições de jogo, pelo que estou vendo da recuperação dos atletas. Tenho certeza de que eles vão voltar ainda mais fortes. Com um pouco mais de força, nós temos condições de chegar”, avaliou o técnico do Santos.

O time deve ter o retorno de Emiliano Vecchio – se tudo correr bem na reta final da recuperação, o meia argentino deve ficar à disposição de Levir no banco de reservas já contra o Corinthians. No entanto, o Santos não poderá contar com David Braz para o clássico; o zagueiro estava pendurado e recebeu o terceiro amarelo diante do Cruzeiro.

Conquistar uma vitória contra o rival alvinegro será fundamental para que o Santos possa continuar sonhando, se estiver mesmo disposto a brigar até o fim pelo título brasileiro. “O título é o objetivo de um clube do tamanho do Santos. Penso jogo a jogo, não gosto de fazer cálculos. Projeto três pontos contra o Corinthians. Para chegar na ponta, o time tem que ser vencedor”, comentou Levir. “Eu quero três pontos contra o Corinthians. A gente nunca quer um só”, acrescentou.

Levir Culpi - André Yanckous/AGIF - André Yanckous/AGIF
Imagem: André Yanckous/AGIF

O treinador do Santos também acredita na campanha pela quarta taça do clube na Libertadores. O time volta a campo pelo torneio continental no dia 13 de setembro, quando visita o Barcelona de Guayaquil no Equador pelo primeiro jogo das quartas de final.

“Focar em dois campeonatos é muito complicado, mas eu acho que nós temos elenco suficiente para manter o ritmo forte no Brasileiro e dar tudo o que temos para conquistar essa Libertadores. A oportunidade é boa, está criada e o Santos está invicto na Libertadores”, disse Levir.

“Vamos proteger o que conquistamos até o momento em cima do Barcelona. O Santos está próximo de uma grande conquista. Alguns jogadores estão voltando e ganhando condição física, como o Renato. É um cara que acrescenta muito com a experiência que tem. Nós temos dois ou três jogadores que ainda vão subir num momento importante das competições”, encerrou.

Esporte