PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Atlético-MG já procura um novo estrangeiro para a vaga de Dátolo

Com muitas lesões em 2016, Dátolo não vai ficar no Atlético em 2017 - Bruno Cantini/Clube Atlético Mineiro
Com muitas lesões em 2016, Dátolo não vai ficar no Atlético em 2017 Imagem: Bruno Cantini/Clube Atlético Mineiro

Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

09/11/2016 06h00

Cinco jogadores estrangeiros é o limite que cada clube brasileiro pode ter relacionados para o mesmo jogo. No Atlético-MG, a cota está completa. Erazo, Dátolo, Cazares, Otero e Lucas Pratto são os cinco gringos que fazem parte do elenco alvinegro em 2016. Mas para a próxima temporada, uma vaga vai se abrir.

O meia Dátolo fica sem contrato com o clube mineiro em dezembro e não vai ter o vínculo renovado. Com a saída do argentino, o Atlético ganha uma vaga de estrangeiro para 2017. E a diretoria alvinegra já está em busca de um novo jogador nascido fora do país para o lugar de Dátolo.

No entanto, a posição que o Atlético monitora no mercado sul-americano não é a mesma do camisa 10. Como já conta dois meias, Otero e Cazares, a preferência da diretoria alvinegra é por um volante. Inclusive, como apurou o UOL ESPORTE, alguns nomes já foram oferecidos e estão sendo avaliados pelos diretores e pela comissão técnica do clube.

A procura por mais um volante é facilmente justificada. Desde que Eduardo deixou a Cidade do Galo para defender o Internacional, o técnico Marcelo Oliveira conta com cinco jogadores para a posição, sendo um deles o jovem Yago, que sequer foi titular do Atlético ainda. Além disso, Júnior Urso pertence ao Shandong Luneng e está emprestado ao Atlético até dezembro.

Embora as duas partes tenham interesse na renovação, a permanência de Júnior Urso também depende de um acordo entre os clubes. Algo que só vai ser definido a partir do próximo mês, quando se encerra a temporada brasileira e as equipes chinesas começam a montar os elencos para a temporada 2017.

Enquanto a diretoria do Atlético trabalha em busca de novo estrangeiro para 2017, Dátolo segue seus últimos dias na Cidade do Galo em tratamento. O camisa 10 não joga desde o dia 5 de outubro, quando o Atlético empatou sem gols com o Corinthians, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. Dátolo entrou durante o segundo tempo e sofreu a quarta lesão muscular na coxa esquerda somente nesta temporada.

Com tantas lesões em 2016, Dátolo disputou somente 20 dos 70 jogos do Atlético no ano. O argentino marcou apenas um gol e deu três assistências, números bem abaixo das temporadas anteriores, quando foi protagonista na conquista da Copa do Brasil, em 2014, e na campanha do vice-campeonato nacional, em 2015.

Quer receber notícias do Atlético-MG de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Esporte