PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Garra ou descontrole? Grêmio precisa acalmar nervos para espantar fase ruim

Roger Machado pediu mais controle para os jogadores do Grêmio na semana - Ernesto Rodrigues/Folhapress
Roger Machado pediu mais controle para os jogadores do Grêmio na semana Imagem: Ernesto Rodrigues/Folhapress

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

29/06/2016 06h00

Para estar mais perto de ganhar os jogos, o Grêmio precisa se controlar. Foram três pênaltis e três expulsões recentes. Independentemente de erros ou não dos árbitros, o técnico Roger Machado passou a semana trabalhando o psicológico dos jogadores para não confundirem garra com descontrole. E o teste para isso será diante do Santos, nesta quarta-feira (29) a partir das 19h30 (de Brasília). 

As penalidades ocorreram diante da Chapecoense, do Cruzeiro e novamente contra o Vitória. Apenas diante dos mineiros não houve reclamação. E os cartões vermelhos vieram contra Fluminense, Atlético-PR e Vitória. Todos jogos neste mês. 
 
"Sem dúvida temos que trabalhar isso. Viemos de expulsões em sequência, algo que não é normal e nunca foi nossa rotina. Um jogador a menos em campo prejudica muito e temos que trabalhar e cuidar deste detalhe que pode intervir na maioria das vezes contra nós mesmos", explicou o volante Ramiro, expulso duas vezes entre as três expulsões do Grêmio. 
 
Para controlar os ânimos dos jogadores, o técnico Roger Machado tratou de dar um puxão de orelhas. Durante a semana, se reuniu com os jogadores e firmou um 'pacto' para acabar o jogo com 11 atletas em campo. 
 
Roger argumentou, ainda, que quer o elenco separando garra de força desmedida. E nisso os jogadores precisam conseguir 'esquecer' o anseio da torcida. Na ânsia por vitórias, os aficionados cobram empenho muitas vezes desproporcional dos jogadores. Se entendem assim, podem acabar prejudicando o time em vez de contribuir com ele. E o treinador salientou isso em conversas durante as atividades de preparação para a próxima rodada. 
 
"Terminar com um jogador a menos é um prejuízo muito grande. Temos que ficar atentos e evitar que este tipo de situação se repita. Não é normal no nosso time, não pode seguir acontecendo", disse Roger. 
 
Além disso, o treinador proibiu qualquer manifestação desrespeitosa ou forte em relação aos árbitros. Para que não ocorram momentos como diante do Fluminense, quando Ramiro levou o vermelho por reclamação sobre um lance em que ele sequer estava envolvido. O capitão, Maicon, é quem tem a prerrogativa de conversar com o responsável pelo jogo. Os demais devem se comunicar com o juiz o mínimo possível. 
 
A nova conduta será iniciada diante do Santos. A ideia é espantar a fase ruim. O Tricolor vem de duas derrotas no Brasileiro, algo que não ocorria desde 2014. Para esta partida, o comandante gremista contará com o regresso de Douglas. Bobô deixa o time. Na zaga, Bressan pode jogar, mas deve seguir fora da equipe com Rafael Thyere mantido ao lado de Fred. 
 
FICHA TÉCNICA
GRÊMIO X SANTOS
Data e hora: 29/06/2016 (quarta-feira), às 19h30 (Brasília)
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Transmissão na TV: Sportv e PPV
Árbitro: Eduardo Tomaz de Aquino Valadao (GO)
Auxiliares: Alessandro Rocha de Matos (BA) e Bruno Raphael Pires (GO)
GRÊMIO: Marcelo Grohe; Edílson, Rafael Thyere, Fred e Marcelo Oliveira; Walace, Jaílson, Giuliano, Douglas e Everton; Luan. 
Técnico: Roger Machado
SANTOS: Vanderlei, Victor Ferraz, Luiz Felipe, Gustavo Henrique, Zeca; Thiago Maia, Renato; Vitor Bueno, Lucas Lima, Gabriel; Rodrigão.
Técnico: Dorival Júnior
 

Esporte