PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Artilheiro do Mineirão, Willian comemora "redenção" após seca de 50 dias

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

25/06/2016 21h11

Maior artilheiro do novo Mineirão e principal referência do Cruzeiro no time do ano passado, o atacante Willian não começou o ano da forma que terminou a última temporada. Por quase cinco meses, o jogador sofreu com a instabilidade, marcou apenas um gol (no início de maio) e conviveu com a reserva na equipe. Mas nesta noite de sábado tudo foi diferente. O artilheiro do bigode foi o nome do jogo contra o Palmeiras, marcou os dois gols da virada celeste e foi o melhor em campo na vitória sobre o líder por 2 a 1.

"Muito feliz, graças a Deus. Tive vários momentos adversos, mas fiz minha parte. Deus nos deu o potencial, então tenho que saber desfrutar disso. Venho trabalhando para colocar isso em campo", comentou o atacante, que só havia marcado em uma ocasião em 2016, no dia 5 de maio, contra o Campinense, pela Copa do Brasil.

Com os dois gols deste sábado, Willian anotou seu 24º e 25º gols pelo Cruzeiro no novo Mineirão. O atacante é o artilheiro do estádio desde que o Gigante da Pampulha foi reaberto após as reformas. Além da artilharia e dos três pontos, a vitória contra o Palmeiras ainda foi a primeira do Cruzeiro dentro de casa no Brasileirão. De quebra, foi a primeira vez que o time emplaca duas vitórias seguidas no campeonato.

"Venho trabalhando, fazendo minha parte, me dedicando no dia a dia. Fico feliz em ter feito os gols e por ter ajudado nessa vitória brilhante. Tenho certeza que vamos deslanchar na competição", acrescentou.

Esporte