PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Mesmo com nova vitória, técnico do Atlético cobra melhoras: "demos espaço"

Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

23/06/2016 00h28

Foi difícil para o Atlético-MG. O primeiro gol saiu somente após os 20 minutos do segundo tempo e o segundo aconteceu graças a uma falha individual do zagueiro Pedro Henrique. No fim, um gol aos 44 minutos recolocou o Corinthians na partida e fez a torcida atleticana ter alguns minutos de apreensão até o apito final do árbitro Wilton Pereira.

Na visão do técnico Marcelo Oliveira, resultado foi justo. O treinador do Atlético também classificou a partida disputada no Mineirão como bastante equilibrada.

“Foi um jogo muito bom, equilibradíssimo, de muita emoção e com várias circunstâncias durante a partida. O Atlético começou muito bem, se propôs a marcar e jogar. Estávamos pecando na última jogada. Depois dos 25 demos um pouco mais de espaço e o Corinthians criou dificuldades. No segundo tempo voltamos acertados. O Corinthians é uma ótima equipe, que aproveita bem os erros dos adversários. Mas o comportamento do Atlético foi muito bom, com algumas dificuldades, mas de forma geral foi muito bom”.

Marcelo Oliveira fez apenas uma ressalva. Para o treinador, o gol de Lucca aos 44 minutos do segundo tempo fez o Atlético terminar a partida com uma pressão que poderia ser evitada.

“Acredito que poderíamos ter evitado o gol, estávamos com todo o time atrás da linha da bola. Não precisava daquela pressão no final, mas foi uma vitória merecida”.

Com duas vitórias seguidas no Campeonato Brasileiro, o Atlético se distanciou da zona de rebaixamento e se aproximou do G4. Com mais dois jogos por disputar em Belo Horizonte, contra América-MG e Botafogo, o torcedor já faz as contas que ficar cada vez mais perto dos primeiros colocados.

Esporte