PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Após derrota, Santos 'abre mão' do G-4 e diz que ficará mais forte em 2014

Do UOL Esporte

Em São Paulo

06/10/2013 20h57

A vitória sobre o São Paulo por 3 a 0 na última quarta-feira renovou as esperanças do Santos na briga pela Libertadores. Mas a nova derrota para a Portuguesa deste domingo derrubou o ânimo do time alvinegro. Passado o revés no Canindé por 3 a 0, os jogadores da equipe praiana lamentaram a distância para o G-4 e admitiram que estão praticamente fora da disputa pelas primeiras colocações do Brasileiro.

“Nosso time está se formando ainda, mas que a derrota sirva de lição. O time está se fortalecendo. Acredito mais para o ano que vem do que para esse ano. Por enquanto, temos que pensar no melhor”, lamentou o zagueiro Edu Dracena.

“Ficou muito mais difícil. Se tivéssemos vencido hoje, iríamos encostar no G-4, mas agora será muito difícil”, completou.

Com o resultado, o Santos manteve os 36 pontos, na oitava colocação da Série A. O Botafogo é o último clube da zona de classificação para a Libertadores com sete pontos a mais que o time comandado por Claudinei Oliveira.

“Falta muita coisa ainda, mas hoje erramos demais. Não tivemos posse de bola e isso atrapalhou bastante. Temos que continuar trabalhando. Não tivemos pose de bola e tomamos o gol”, lamentou o veterano Léo, que entrou no segundo tempo do confronto. 

Esporte