PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Autuori faz crítica velada a subidas de Lucio ao ataque do São Paulo

Lucio, zagueiro do São Paulo, afasta de cabeça a bola da área defendida pelos paulistas  - Rodrigo Capote/UOL
Lucio, zagueiro do São Paulo, afasta de cabeça a bola da área defendida pelos paulistas Imagem: Rodrigo Capote/UOL

Mauricio Duarte

Do UOL, em São Paulo

25/07/2013 11h00

O treinador Paulo Autuori usou as entrelinhas de seu discurso após a derrota para o Internacional na noite desta quarta-feira para dar um recado aos seus zagueiros, especialmente ao veterano Lucio. O gol do Internacional saiu em um contra-ataque, em uma bola perdida pelo camisa 3. Sem citar nomes, o comandante criticou o fato de o jogador avançar demais.

“Diminuiu a frequência com que isso acontece, mas ainda acontece. A gente perde a posição. Vai com muita volúpia, e não pode. Mas isso a gente só faz pedir para que não aconteça. A minha angústia é justamente não poder ir a campo e treinar para isso não acontecer”, afirmou o técnico.

Essa característica de Lucio é bastante conhecida. Seus rompantes ao ataque o acompanharam nos times em que atuou na Europa e também na seleção brasileira. No São Paulo, no entanto, não é o momento para arriscar tanto. Pelo menos na visão do comandante Paulo Autuori.

“Precisamos parar de tomar gol. Sofremos um gol inesperado e bateu aquele momento que bate há muito tempo. Recuperamos no segundo tempo, o estado emocional não afetou tanto negativamente”, comentou.

Com a derrota para o Internacional na noite desta quarta-feira, o São Paulo soma um recorde negativo histórico de 11 partidas sem vencer. São oito derrotas e três empates. Além disso, a equipe sofreu seis derrotas consecutivas como mandante, algo que também jamais havia ocorrido com o time do Morumbi. A equipe permanece com oito pontos, na 16ª colocação, mas com dois jogos a mais do que o primeiro time na zona de rebaixamento, o Atlético-PR, que tem sete pontos.

Esporte