PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

Hamilton revela erros de Vettel e alemão lamenta "presentes" da Ferrari

Lewis Hamilton e Sebastian Vettel disputam posição no GP dos Estados Unidos - Darron Cummings/AP
Lewis Hamilton e Sebastian Vettel disputam posição no GP dos Estados Unidos Imagem: Darron Cummings/AP

Do UOL, em Austin (EUA)

22/10/2017 22h09

Sebastian Vettel chegou a passar Lewis Hamilton na largada do GP dos Estados Unidos, mas não teve ritmo para se manter à frente do rival, foi segundo colocado em Austin, e se complicou de vez na disputa do campeonato. Com a vitória em Austin, Hamilton precisa apenas de um quinto lugar na próxima etapa, no México, para ser campeão, e viu sua equipe, a Mercedes, selar a conquista do tetracampeonato mundial.

“Todos na equipe trabalharam muito duro para vir de uma era para uma nova era, e chegar lutando com uma equipe com a Ferrari, ficando mais fortes ao longo da temporada. Cara, essa uma sensação incrível e espero que todos na fábrica estejam sentindo o mesmo”, disse o inglês.

“Quando ele me passou, eu não sabia como seria. Mas percebi que conseguia ficar perto, que era mais rápido. E estava vendo que ele estava pilotando rápido demais quando não havia necessidade. Ele acabou com os pneus dele, e começou a errar. E daí o passei. É ótimo estar com esse tipo de confiança.”

Decepcionado depois de mais uma prova que achou que poderia ter vencido, Vettel lamentou os presentes dados pela Ferrari com a batida em Cingapura e duas quebras seguidas na Malásia e no Japão.

“Olhando para trás, as corridas em que demos presentes para eles não ajudaram. Mas não sei, simplesmente não estou contente com a corrida, achei que poderíamos ter vencido, mas não vencemos”, disse Vettel, ouvido pelo UOL Esporte em Austin.

A Ferrari chegou a mudar a estratégia para tentar ameaçar a Mercedes, mas a tática não funcionou.

“A primeira volta foi boa, mas daí em diante passamos a ter dificuldades e não foi o dia que esperávamos ter. Não tínhamos velocidade e depois decidimos fazer duas paradas, mas isso quis dizer que tive de fazer algumas ultrapassagens. No geral, não foi uma grande corrida.”

Com 66 pontos atrás e apenas 75 em jogo, Vettel agora precisa de um milagre para impedir o tetracampeonato de Hamilton, que tem grandes chances de selar a conquista já no próximo final de semana, no GP do México.. O inglês será campeão se chegar pelo menos em quinto lugar.

Fórmula 1