PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

Sem condições físicas, alemão é substituído antes do GP da Austrália

Julianne Cerasoli

Do UOL, em São Paulo

24/03/2017 22h30

O alemão Pascal Wehrlein decidiu não participar do GP da Austrália após sentir-se fora de forma durante os treinos livres disputados nesta sexta-feira em Melbourne. O piloto teve sua preparação atrapalhada por um acidente sofrido na Corrida dos Campeões, em janeiro, e acredita não ter condições de aguentar toda a prova. 

Com isso, a Sauber decidiu substituí-lo pelo piloto reserva Antonio Giovinazzi. O italiano já havia testado pela equipe na pré-temporada
enquanto Wehrlein se recuperava de uma lesão nas costas. A substituição significa que a Itália terá um representante no grid pela primeira vez desde que Jarno Trulli deixou a categoria em 2011.

"Meu nível de condicionamento físico não está como deveria para eu aguentar a corrida inteira devido ao déficit que tive em meu treinamento. Expliquei a situação para a equipe ontem à noite. Com isso, a Sauber decidiu não arriscar. É uma pena, mas é a melhor decisão para a equipe", afirmou Wehrlein.

A chefe da equipe, Monisha Kaltenborn, elogiou a atitude de seu piloto, que faria a estreia pelo time suíço. "Respeitamos a abertura e o profissionalismo de Pascal. A decisão definitivamente não foi fácil para ele, mas só mostra sua qualidade como alguém que trabalha em equipe. O foco agora é melhorar seu nível de condicionamento físico, e em uma condição como essa não queremos assumir riscos desnecessários."

Monisha confirmou ainda que o alemão estará normalmente na China, segunda etapa do campeonato, que será disputada em duas semanas.

Acidente de Wehrlein - Divulgação - Divulgação
Werhlein sofreu acidente com disputa com Massa
Imagem: Divulgação
O acidente aconteceu durante evento festivo que reúne pilotos de diferentes categorias, enfrentando-se com carros menos convencionais. Na ocasião, Wehrlein, que substitui Felipe Nasr na Sauber nesta temporada, estava disputando com Felipe Massa quando perdeu o controle e capotou. O alemão acabou perdendo metade da pré-temporada e teve menos de um mês para se preparar fisicamente para uma temporada em que o condicionamento tem sido citado pelos pilotos como fundamental para um bom rendimento devido a mudanças no regulamento que tornaram os carros mais rápidos.

O GP da Austrália ainda terá um último treino livre, a partir da meia-noite da sexta-feira pelo horário de Brasília. A classificação para o GP da Austrália está marcada para as 3h do sábado e terá transmissão pelo SporTV, sendo que os últimos 15 minutos também serão mostrados pela Globo. A corrida tem largada às 2h com transmissão pela Rede Globo.

Fórmula 1