PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

Eles estão lutando pelo título. Mas garantem que não estão 'nem aí'

Julianne Cerasoli

Do UOL, em Sepang (Malásia)

29/09/2016 07h06

Nico Rosberg e Lewis Hamilton vêm travando uma batalha cheia de altos e baixos pelo título da atual temporada da Fórmula 1. Mesmo assim, garantem que não estão de olho na tabela de pontos.

Rosberg começou dominando, vencendo quatro corridas seguidas. A partir da vitória no GP de Mônaco, sexta etapa, Hamilton reagiu e chegou a abrir 19 pontos na liderança após a etapa da Alemanha, no final de julho. Dali em diante, o inglês perdeu rendimento e viu o companheiro vencer as três provas seguintes, retomando a ponta.

Com seis provas para o final, Rosberg lidera com oito pontos de vantagem para Hamilton. O alemão, contudo, mantém a postura que vem desde o início do ano: tentar ganhar cada corrida independente da situação do campeonato.

“Estou consciente da situação, dos pontos e tudo mais, mas tento focar na corrida que está a seguir porque funcionou muito bem para mim pensar dessa maneira e deixar o resto de lado. Quero vencer aqui em Sepang e esse é meu objetivo”, garantiu o piloto, que disputa o GP da Malásia neste final de semana.

A postura é a mesma de Hamilton. O inglês defende que evitar fazer muitas contas mirando o título é a melhor maneira de retomar a ponta.

“Honestamente, não pensei nem um pouco nisso. Vou atacar corrida por corrida e ver o que acontece. Faço isso porque, assim, não há expectativas, a não ser tentar melhorar em relação à corrida anterior. Se você tem metas, quando não as cumpre ou as ultrapassa há sensações distintas.”

O GP da Malásia terá treinos livres a partir da quinta-feira no Brasil, às 23h. O segundo treino será na madrugada de sexta, às 3h. A classificação será às 6h do sábado e a corrida terá largada a partir das 4h do domingo.

Fórmula 1