PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

Contra jejum de sete anos, Massa acredita que pode voltar a vencer na F-1

Reprodução/Lars Baron/Getty Images
Imagem: Reprodução/Lars Baron/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

19/01/2016 06h00

Em seu terceiro ano correndo pela equipe Williams, Felipe Massa acredita que chegou a hora de um dos times mais vitoriosos da história da Fórmula 1 voltar a vencer. A Williams, que não conquista um título desde 1997, ganhou apenas uma corrida - de forma surpreendente, com Pastor Maldonado, na Espanha, em 2012 - nos últimos 11 anos.

Essa expectativa positiva tem a ver com o crescimento do time nas últimas temporadas, e poderia tirar o brasileiro de um jejum de mais de sete anos sem vitórias. A última conquista de Massa foi no GP do Brasil de 2008, última etapa daquele campeonato.

“Estamos muito próximos, estivemos no pódio em algumas oportunidades ano passado e talvez até mais vezes em 2014 e realmente esperamos que podemos voltar às vitórias, com um carro que seja realmente competitivo para lutar pela vitória. Eu realmente espero que isso seja possível.”

Massa também falou sobre o duelo interno com o companheiro Valtteri Bottas. Apesar de ter terminado a temporada do ano passado a 15 pontos do finlandês, o piloto brasileiro acredita que teve um ano superior.

“Ele estava falando sobre ir para a Ferrari e eu estava melhor do que ele. Mas ele sabe que a melhor forma de chegar a uma equipe como a Ferrari é ser competitivo. Não acho que ele se distraiu, estava muito concentrado em ser bom e competitivo. Tivemos uma temporada boa dentro da equipe e espero que tenhamos outra igual - mas tomara que possa ficar na frente dele, porque sempre queremos estar na frente de nossos companheiros.”

A Williams já adiantou que, como o regulamento técnico permanece estável nesta temporada, o modelo de 2016 não terá mudanças radicais em relação ao carro do ano passado. Mesmo assim, o chefe de performance, Rob Smedley, adiantou que haverá alterações principalmente na asa dianteira, no assoalho e na parte traseira. "Com regras tão estáveis, é uma das maiores evoluções que já vi".

O carro da Williams será lançado no primeiro dia de testes da pré-temporada, em 22 de fevereiro, no Circuito da Catalunha, na Espanha.

Fórmula 1