PUBLICIDADE
Topo

Milton Neves

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Para mim, o Brasileiro vale mais que a Libertadores! E para você?

Taça do Campeonato Brasileiro - Divulgação/CBF
Taça do Campeonato Brasileiro Imagem: Divulgação/CBF
Conteúdo exclusivo para assinantes
Milton Neves

Milton Neves é jornalista profissional diplomado, publicitário, empresário, apresentador esportivo de rádio e TV, pioneiro em site esportivo no Brasil, 1º âncora esportivo de mídia eletrônica do país, palestrante gratuito de Faculdades e Universidades, escrivão de polícia aposentado em classe especial, pecuarista, cafeicultor e é empresário também no ramo imobiliário.

13/05/2022 10h14

Essa é uma questão muito relativa e que muda muito com o passar do tempo.

Sim, pois teve um período no futebol brasileiro que, acreditem se quiser, nada valia mais do que vencer os hoje escanteados Estaduais.

Prova disso é que, em 1976, quando o Corinthians chegou à final do Campeonato Brasileiro, pelos bares da cidade de São Paulo só se ouvia um papo de que "não adianta ganhar esse troféu aí para sair da fila (que já durava 22 anos)! Tem que ganhar o Paulista!".

Mas os campeonatos locais passaram a perder relevância nos anos 90 e hoje ninguém mais quer saber deles.

A Libertadores também já foi tratada com muito desdém.

Só passou a ser "obsessão" por aí após as duas monumentais conquistas do São Paulo nos anos 1990.

Depois desses títulos, todo mundo queria ir ao Japão vencer uma equipe europeia.

Mas, antes disso...

E hoje vejo que tem muita gente que segue valorizando o torneio continental.

Até exageradamente.

Ouço muitos torcedores justificando as pífias campanhas no Brasileiro de seus times por aí com o argumento de que "o importante é conseguir uma vaguinha na Libertadores".

Ou então falando "o importante é conseguir avançar no torneio continental! No Brasileiro pode colocar até o time sub-17".

Gente, acho isso inaceitável!

Sim, pois não considero o torneio da Conmebol o mais importante para nossas equipes.

O que dá mais trabalho, mais viagens, mais jogos e exige mais regularidade é o Brasileirão.

Ele não é perfeito, é verdade.

Seria impecável se contasse com turno único e segunda fase disputada por mata-mata.

Mas ainda assim é o que tem que ser mais valorizado do que a Libertadores.

Até porque a competição continental é uma bagunça, convenhamos.

E cobro que os endinheirados Flamengo, Palmeiras e Atlético-MG tenham também essa visão.

Porque, do jeito que andam encarando o Nacional, vão acabar entregando a mais nobre taça de nosso futebol para uma zebra.

Concorda?

Opine!