PUBLICIDADE
Topo

Milton Neves

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Milton: O "professor" do momento no futebol brasileiro

Juan Pablo Vojvoda comanda treino do Fortaleza em maio de 2021 - Leonardo Moreira / Fortaleza
Juan Pablo Vojvoda comanda treino do Fortaleza em maio de 2021 Imagem: Leonardo Moreira / Fortaleza
Conteúdo exclusivo para assinantes
Milton Neves

Milton Neves é jornalista profissional diplomado, publicitário, empresário, apresentador esportivo de rádio e TV, pioneiro em site esportivo no Brasil, 1º âncora esportivo de mídia eletrônica do país, palestrante gratuito de Faculdades e Universidades, escrivão de polícia aposentado em classe especial, pecuarista, cafeicultor e é empresário também no ramo imobiliário.

15/10/2021 09h40

Hoje, 15 de outubro, como vocês bem sabem, é comemorado aqui no Brasil o Dia dos Professores.

Bem, e atualmente, é claro, temos espalhados pelo calendário diversos feriados nacionais.

Alguns desnecessários, convenhamos...

Mas o 15 de outubro, para mim, deveria ser feriado, sim!

Já que, sem professor, não teríamos cientistas, médicos, jornalistas, engenheiros, arquitetos, advogados...

É a profissão mais nobre da nossa sociedade, sem dúvidas.

Bem, mas e no nosso mundinho do futebol, quem é o "professor" do momento no Brasil?

Olha, temos muitos profissionais, que já foram considerados grandes mestres, em péssima fase por aqui.

Por isso, neste 15 de outubro, elejo como o melhor "professor" do nosso futebol atual um comandante gringo.

Sim, nenhum técnico vive no esporte bretão brasileiro um melhor momento do que Juan Pablo Vojvoda.

Ele fez com que o Fortaleza se esquecesse rapidamente do ídolo Rogério Ceni, hoje no São Paulo.

E não é exagero dizer que, com o treinador argentino, o Leão do Pici está vivendo o maior momento de sua história.

Afinal, dificilmente o time cearense não se classificará para a Libertadores (e com vaga direta!).

E o Tricolor ainda está vivíssimo na Copa do Brasil, por mais que duelar com o Galo seja uma parada duríssima.

Ah, e podem ter certeza que, em pouco tempo, os gulosos times do Eixo Rio-SP vão crescer os olhos para cima dele.

Mas que Vojvoda tenha a cabeça no lugar e fique no Fortaleza por um bom tempo, para seguir fazendo história por lá.

Ah, e deixo aqui também a minha menção ao ótimo Maurício Barbieri, que fez do Red Bull Bragantino um time fantástico, mesmo sem grife.

E meus parabéns a todos os professores!

Opine!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL