Topo

Esporte


Padre que atacou brasileiro em Atenas-04 é vetado em Londres. Lembra dele?

Vanderlei Cordeiro de Lima liderava maratona nos Jogos Olímpicos de Atenas, quando foi atacado - AFP
Vanderlei Cordeiro de Lima liderava maratona nos Jogos Olímpicos de Atenas, quando foi atacado Imagem: AFP

Do UOL, em São Paulo

23/03/2014 18h35

O padre conhecido por invadir a maratona dos Jogos Olímpicos de Atenas, em 2004, e tirar do brasileiro Vanderlei Cordeiro de Lima a chance de conquistar o ouro olímpico na prova foi proibido de ir à Maratona de Londres.

As autoridades responsáveis pela prova proibiram o irlandês Neil Horan, 66 anos, de frequentar os locais de prova, por terem medo de que o episódio de Atenas aconteça novamente. A Maratona de Londres acontece no dia 13 de abril. 

 "Fomos informados de que você tem uma história relacionada com atrapalhar grandes eventos desportivos e expressando posições religiosas extremistas", escreveram os organizadores da Maratona de Londres em carta enviada ao padre. A carta foi publicada pelo diário irlandês Sunday Independent.

Na época em que tirou a chance da conquista do ouro do brasileiro em Atenas, ele foi condenado a 12 meses de prisão.

Na ocasião, Vanderlei tinha vantagem de meio minuto sobre o segundo colocado por volta dos 36 km dos 42,195 km, quando o irlandês invadiu o trajeto, agarrou e tirou o maratonista da pista. O brasileiro ainda manteve a liderança por alguns quilômetros, mas foi superado pelo italiano Stefano Baldini e pelo norte-americano Mebrahtom Keflezighi e terminou em terceiro lugar

O padre também tumultuou o Grande Prêmio de Fórmula 1 da Inglaterra, um ano antes da maratona olímpica, em Atenas. 

Esporte