PUBLICIDADE
Topo

Motorista que viveu 20 anos na rua entrega comida a vulneráveis em SP

Há 4 anos, Jonas conseguiu comprar uma Kombi para fazer entregas e alugar um quarto para morar - Andy Costa / Arquivo pessoal
Há 4 anos, Jonas conseguiu comprar uma Kombi para fazer entregas e alugar um quarto para morar Imagem: Andy Costa / Arquivo pessoal

Giacomo Vicenzo

Colaboração para Ecoa, em São Paulo

27/06/2022 06h00

Com a fala calma e dividindo o seu tempo enquanto responde a reportagem e repreende o seu gato de estimação por peraltices está Jonas Batista, 58 anos. Hoje autônomo do ramo de entregas, divide o seu tempo entre os fretes de mudança que faz e o trabalho de entrega de doações que realiza para uma rede de projetos sociais.

Em sua Kombi, carrega alimentos, roupas e outros itens para pessoas em situações de rua e comunidades socialmente vulneráveis, uma situação que ele próprio viveu por duas décadas.

Batista tem residência fixa na Mooca há cerca de quatro anos e vive com uma família no mesmo quintal de uma casa - aos quais chama afetivamente de netos. Mas por 20 anos as ruas foram o seu lar e ele esteve do lado de quem leva a ajuda hoje.

"Na época, comecei a morar na Mooca catando papelão e o pessoal da ONG Entrega por SP me atendeu, o grupo tinha sido criado havia pouco tempo", lembra Jonas.

Foi em uma dessas visitas assistenciais que Batista conheceu o empreendedor Bruno Saraiva, 35 anos, voluntário do projeto na época e deu início a um tratamento para abandonar seus vícios.

"Começaram [ONG] a ir lá, e eu peguei uma amizade sincera mesmo com o Bruno. Com o tempo, parei de beber, de usar droga e disse que iria comprar um carro. No começo, nem mesmo ele acreditou", lembra o motorista.

Trocou vício pela solidariedade

Com o tempo, o fim dos vícios levou os comerciantes da região a enxergarem Jonas de outra forma, e ele recebeu a proposta de dormir dentro de uma padaria desativada para cuidar do imóvel como caseiro.

"Conheci o Jonas na época que ele começou a morar em uma padaria em frente ao meu trabalho e conversávamos todos os dias que eu saía do trabalho. Desde então, foi nascendo uma grande amizade. Ele dizia que ia comprar um carro e eu não acreditei, pois morava na rua, em uma padaria abandonada", lembra.

Jonas - Bruno Saraiva / Arquivo pessoal - Bruno Saraiva / Arquivo pessoal
Kombi de Jonas chegou a ser roubada, mas vaquinha online o ajudou a comprar um modelo mais novo
Imagem: Bruno Saraiva / Arquivo pessoal

"Mas o tempo foi passando, e o carrinho de feira que Jonas pegava papelão foi substituído por um de supermercado, até que, por fim, ele bateu um dia no vidro do meu trabalho e me chamou para ver algo do lado de fora: era um carro com caçamba, que ele tinha conseguido comprar com parcelas baixas", completa.

Saraiva ajudou na comunicação visual do amigo, e fez faixas no carro que divulgavam o serviço de frete, carretos para levar móveis de um lugar ao outro e Jonas utilizava o veículo para recolher uma maior quantidade de recicláveis durante as manhãs.

Há cerca de quatro anos, Jonas conseguiu comprar um veículo mais novo, alugar um quarto na Mooca e foi apresentado a diversos projetos sociais que atendem em regiões próximas de onde mora, e ele foi contratado para trabalhar de forma remunerada auxiliando na logística das doações.

"Agora trabalho com uma Kombi realizando coleta de cobertores, fogões, geladeira e outros itens para entregar para essas pessoas que estão vulneráveis e continuo o meu trabalho de reciclagem de papelão e mudanças", diz Jonas.

Kombi foi roubada

Com tudo mais estabilizado, a Kombi de Jonas chegou a ser roubada e depenada há cerca de três anos. Mas uma vaquinha online o ajudou a conseguir o valor para comprar um modelo mais novo, que abriu margem para expandir ainda mais os seus trabalhos.

"O Entrega por SP se dividiu e criou o grupo DaRua. Assim, a minha história expandiu e outras ONGs começaram e me chamar, principalmente na pandemia, quando precisavam levar muitas coisas", completa.

Os grupos citados na reportagem aceitam doações e podem ser contactados por suas respectivas páginas no Instagram: Entrega por SP, DaRua. Jonas aceita serviços de frete e mudança na zona leste de São Paulo e pode ser contactado pelo número: (11) 95813-0022.