PUBLICIDADE
Topo

Safári tem fuga desesperada: SUV acelera para escapar de elefanta no Quênia

Fêmea de elefante se aproxima de veículo no Parque Nacional de Amboseli, no Quênia  - Reprodução/@mwarv/Instagram
Fêmea de elefante se aproxima de veículo no Parque Nacional de Amboseli, no Quênia Imagem: Reprodução/@mwarv/Instagram

Colaboração para Carros, em São Paulo

23/10/2020 11h19

O fotógrafo de vida selvagem Mwangi Kirubi, de 43 anos, tirava fotos no Parque Nacional Amboseli, no Quênia, quando viu dois carros de desconhecidos buzinarem, passando acima dos limites de velocidade, e assustando os elefantes da reserva. Um dos animais ficou tão amedrontado que, por pouco, não pisoteou um outro veículo, onde estavam profissionais amigos dele.

O episódio alarmante foi compartilhado por Kirubi em julho no Instagram, mas só ganhou atenção agora, ao ser divulgado hoje pelo site britânico Daily Mail. A publicação feita pelo fotógrafo conta que o animal assustado era fêmea e a matriarca do bando.

Na postagem na rede social, o fotógrafo revela imagens que tirou da aproximação da elefanta e descreve tudo o que ocorreu. Ele afirma que estava inicialmente na companhia dos seus três amigos, mas, na ocasião, quando os carros velozes passaram buzinando para pedir passagem, o profissional "cuidava dos próprios negócios", tirando fotos.

Em um primeiro momento, não deu para perceber direito como os veículos desconhecidos tinham agitado os elefantes. Quando a dupla de carros em alta velocidade deixou o local, a fêmea se aproximou de um dos carros dos fotógrafos e quase o esmagou.

O grupo, felizmente, conseguiu fugir e não ficou ferido. "Foi uma escapada de sorte", contou Kirubi.

Ele ainda fez um alerta para garantir a segurança dos visitantes da reserva. "Próxima vez que você estiver no parque, por favor, observe os limites de velocidade e esteja atento à vida selvagem e aos outros visitantes [do local]. Obrigado", pediu.