PUBLICIDADE
Topo

Chevrolet Tracker 2021

Preços, versões e tudo o que você precisa saber sobre o SUV compacto

Vitor Matsubara

Do UOL, em São Paulo (SP)

25/07/2020 04h00

A vida do Tracker mudou completamente neste ano.

Lançado no Brasil em 2001, ele estreou aqui como um "clone" do Suzuki Grand Vitara, só que com a tradicional gravatinha na grade frontal e pequenas modificações.

Até o motor era o mesmo 2.0 turbodiesel do SUV japonês. O modelo foi vendido assim até 2004 e só voltou às ruas brasileiras três anos depois. A principal mudança foi a adoção de um motor 2.0 16V a gasolina com o intuito de rivalizar com o Ford Ecosport, que até então reinava no segmento de SUVs compactos.

Uma nova geração estreou no fim de 2013 com identidade própria e um moderno motor 1.8 Ecotec, que entregava até 144 cv quando abastecido com etanol. Havia duas opções de transmissão: manual de cinco marchas e automática de seis velocidades.

Quase três anos depois, em 2016, o Tracker ganhou a versão de entrada LT, lançada com o intuito de encarar rivais mais modernos, como Jeep Renegade e Honda HR-V. No ano seguinte, a GM fez uma leve reestilização no SUV, que ganhou dianteira atualizada e interior mais moderno. A maior mudança, porém, aconteceu debaixo do capô: o motor 1.4 turbo de até 153 cv era o mesmo do Cruze.

Na linha 2019, o Tracker ganhou as versões Premier (que substituiu a antiga LTZ) e Midnight, que trazia vários detalhes externos pintados de preto, como rodas de liga leve e até a gravatinha do logotipo, tradicionalmente na cor dourada.

A geração atual do SUV está entre nós desde março deste ano. Completamente renovada, ela cresceu e ganhou novas motorizações: 1.0 turbo de até 115 cv nas versões mais baratas e 1.2 turbo capaz de render até 133 cv.

Todas as versões saem de fábrica com 6 airbags e controles de estabilidade e de tração. A tecnologia é outro destaque do carro, que traz central multimídia MyLink com OnStar e internet 4G com Wi-Fi a bordo.

Dependendo da configuração, o Tracker pode vir com carregador de celular por indução, alerta de colisão frontal com frenagem autônoma de emergência. sensor de pontos cegos e sistema de estacionamento semiautônomo.

Dimensões: comprimento, 4,27 m; largura, 1,79 m; altura, 1,62 m; entre-eixos, 2,57 m

Porta-malas: 393 litros

Tanque: 44 litros

Versões:

Turbo 1.0 MT:

Preço: R$ 87.490

Motor: 1.0, 12V, 3 cilindros em linha, flex

Câmbio: manual de 6 marchas

Potência: 116 cv a 5.500 rpm

Torque: 16,8 kgfm / 16,3 kgfm a 2.000 rpm

Consumo (urb./rod.): 9 km/l / 10,4 km/l (etanol) - 13 km/l /14,8 km/l (gas.)

Itens de série: 6 airbags, alarme, assistente de partida em rampas, controles de estabilidade e de tração, faróis de neblina, luzes de condução diurna, regulagem de altura dos faróis, computador de bordo, ganchos para fixação de cadeirinhas Isofix, maçanetas externas e rack do teto na cor preta, rodas de liga leve de 16 polegadas, coluna de direção com regulagem de altura e profundidade, maçanetas internas em prata, ar-condicionado, computador de bordo, direção elétrica, espelhos retrovisores elétricos com capas na cor preta, travas elétricas, vidros elétricos com acionamento um toque e antiesmagamento, cobertura do porta-malas, banco traseiro bipartido, central multimídia MyLink com tela de 8 polegadas e suporte a Android Auto e Apple CarPlay, entrada USB para o banco traseiro, painel de instrumentos com tela de 3,5 polegadas, sistema de concièrge OnStar e internet com conexão 4G a bordo e Wi-Fi.

LT 1.0 Turbo AT:

Preço: R$ 95.890

Motor: 1.0, 12V, 3 cilindros em linha, flex

Câmbio: automático de 6 marchas

Potência: 116 cv a 5.500 rpm

Torque: 16,8 kgfm / 16,3 kgfm a 2.000 rpm

Consumo (urb./rod.): 9 km/l / 10,4 km/l (etanol) - 13 km/l /14,8 km/l (gas.)

Itens de série: todos os itens da versão Turbo MT mais grade frontal com detalhes cromados, espelhos retrovisores e maçanetas externas na cor do carro, rack do teto em prata, câmera de ré, piloto automático, destravamento das portas sem chave, partida do motor por botão e sistema start-stop.

Turbo 1.2 AT:

Preço: R$ 96.390

Motor: 1.2, 12V, 3 cilindros em linha, flex

Câmbio: automático de 6 marchas

Potência: 133 cv / 132 cv a 5.500 rpm

Torque: 21,4 kgfm / 19,4 kgfm a 2.000 rpm

Consumo (urb./rod.): 7,7 km/l / 9,4 km/l (etanol) - 11,2 km/l /13,5 km/l (gas.)

Itens de série: todos os itens da versão Turbo 1.0 MT mais motor 1.2 turbo, câmbio automático de seis marchas, sistema start-stop e piloto automático.

Turbo 1.2 AT:

Preço: R$ 106.490

Motor: 1.2, 12V, 3 cilindros em linha, flex

Câmbio: automático de 6 marchas

Potência: 133 cv / 132 cv a 5.500 rpm

Torque: 21,4 kgfm / 19,4 kgfm a 2.000 rpm

Consumo (urb./rod.): 7,7 km/l / 9,4 km/l (etanol) - 11,2 km/l /13,5 km/l (gas.)

Itens de série: todos os itens da versão Turbo 1.0 MT mais motor 1.2 turbo, câmbio automático de seis marchas, sistema start-stop e piloto automático.

LTZ 1.2 Turbo AT:

Preço: R$ 96.390

Motor: 1.2, 12V, 3 cilindros em linha, flex

Câmbio: automático de 6 marchas

Potência: 133 cv / 132 cv a 5.500 rpm

Torque: 21,4 kgfm / 19,4 kgfm a 2.000 rpm

Consumo (urb./rod.): 7,7 km/l / 9,4 km/l (etanol) - 11,2 km/l /13,5 km/l (gas.)

Itens de série: todos os itens da versão Turbo 1.2 AT mais grade frontal cromada, espelhos retrovisores e maçanetas na cor do carro, rack do teto em prata, câmera de ré, destravamento das portas sem chave, partida do motor por botão, sensor de pontos cegos, rodas de liga leve de 17 polegadas, sensor crepuscular, sensor de chuva, volante revestido em couro com comandos de som e bancos em tecido e couro.

Premier 1.2 Turbo AT:

Preço: R$ 119.490

Motor: 1.2, 12V, 3 cilindros em linha, flex

Câmbio: automático de 6 marchas

Potência: 133 cv / 132 cv a 5.500 rpm

Torque: 21,4 kgfm / 19,4 kgfm a 2.000 rpm

Consumo (urb./rod.): 7,7 km/l / 9,4 km/l (etanol) - 11,2 km/l /13,5 km/l (gas.)

Itens de série: todos os itens da versão LTZ 1.2 AT mais painel de instrumentos com tela colorida de 3,5 polegadas, alerta de colisão frontal, faróis e lanternas em LED, frisos cromados nas janelas, maçanetas internas cromadas, ar-condicionado digital, carregador de smartphones por indução, sistema de estacionamento semiautônomo, espelho retrovisor interno fotocrômico, teto-solar elétrico, frenagem autônoma de emergência e bancos revestidos em couro.

Valores de revisão:

Versões com motor 1.0 turbo e 1.2 turbo:

10 mil km: R$ 300,00

20 mil km: R$ 596,00

30 mil km: R$ 496,00

40 mil km: R$ 660,00

50 mil km: R$ 476,00

60 mil km: R$ 596,00

Garantia:

3 anos

Concorrentes

Jeep Renegade

Motores: 1.8 16V flex (139 cv / 135 cv) e 2.0 turbodiesel (170 cv)

Versões: STD, Sport, Longitude, Limited e Trailhawk

Preços: de R$ 77.490 (STD) a R$ 152.990 (Trailhawk)

Pontos positivos: lista de itens de série e design

Pontos negativos: desempenho e consumo (versões flex)

Hyundai Creta

Motores: 1.6 16V flex (130 cv / 123 cv) e 2.0 16V (166 cv / 156 cv)

Versões: Attitude, Action, Smart, Pulse Plus e Prestige

Preços: de R$ 75.990 (Attitude) a R$ 107.990 (Prestige)

Pontos positivos: espaço interno e garantia

Pontos negativos: consumo (2.0) e design

VW T-Cross

Motores: 1.0 turboflex (128 cv / 116 cv) e 1.4 turboflex (150 cv)

Versões: Sense, 200 TSI, Comfortline e Highline

Preços: de R$ 88.790 (200 TSI) a R$ 118.690 (Highline)

Pontos positivos: desempenho e design

Pontos negativos: acabamento e porta-malas

Nissan Kicks

Motores: 114 cv a 5.600 rpm

Versões: S, SV e SL

Preços: de R$ 82.490 (S MT) a R$ 109.790 (SL Pack Tech)

Pontos positivos: design e estabilidade

Pontos negativos: autonomia e desempenho

Honda HR-V

Motores: 1.8 16V Flex (140 cv / 139 cv) e 1.5 16V turbo gasolina (173 cv)

Versões: LX, EX, EXL e Touring

Preços: de R$ 95.700 (LX) a R$ 139.900 (Touring)

Pontos positivos: espaço interno e desempenho (Touring)

Pontos negativos: preço e lista de itens de série