PUBLICIDADE

Topo

Cardápios para Emagrecer

Dicas dos Nutricionistas

Os especialistas responsáveis pelos cardápios explicam como se alimentar de forma mais saudável


3 razões para quem quer emagrecer consumir mais proteínas

O ovo é uma das boas fontes de proteína - iStock
O ovo é uma das boas fontes de proteína Imagem: iStock
Conteúdo exclusivo para assinantes

De VivaBem, em São Paulo

17/05/2022 04h00

As proteínas são muito importantes para a saúde. O nutriente fornece aminoácidos essenciais para a construção dos músculos e de outros tecidos do corpo, como unhas, cabelos, pele. Além disso, tem papel na imunidade e participa da produção de anticorpos, responsáveis por nos proteger de doenças.

E os benefícios do nutriente encontrado principalmente nas carnes, no frango, nos peixes, nos ovos, nos laticínios e nas leguminosas (feijões, grão-de-bico, lentilha) não param por aí. As proteínas são grandes aliadas da perda de peso.

A seguir, Victor Machado, nutricionista comportamental e responsável por elaborar os menus de Cardápios para Emagrecer, explica três razões para quem quer emagrecer incluir a proteína em praticamente todas as refeições —algo que já está planejado nos cardápios para perda de peso montados pelo especialista, que assinantes UOL recebem com exclusividade todos os sábados.

1. MAIS SACIEDADE

Segundo Victor Machado, por ter digestão lenta, o nutriente promove saciedade. Isso significa que, ao consumir uma quantidade adequada de proteínas, você demora mais para sentir fome e acaba comendo menos ao longo do dia.

2. CONTROLE DA INSULINA

Por ter digestão lenta, a proteína faz com que os carboidratos também demorem mais para serem absorvidos pelo nosso organismo, evitando uma grande elevação do nível de açúcar no sangue (glicemia). Isso inibe picos de insulina, hormônio responsável por "tirar" o açúcar da corrente sanguínea e levá-lo para dentro das células (para ser usado como energia) ou estocá-lo como forma de gordura corporal (quando a energia não é usada pelo organismo).

3. INIBE A FOME EMOCIONAL

Estudos sugerem que uma alimentação rica em proteína reduz o desejo por fast-food e doces durante à noite —comportamento comum de quem tem fome emocional. Conforme Machado já explicou, a fome emocional é aquela disparada por sentimentos como estresse, ansiedade, alegria. Nela, geralmente você tem vontade de comer algo específico e pouco saudável e tende a exagerar na refeição, o que atrapalha o processo de perda de peso.

Quanto comer?

Para quem busca emagrecer e ter uma alimentação saudável, a recomendação é que a proteína esteja presente em praticamente todas as refeições.

A porção diária do nutriente varia de pessoa para pessoa, conforme nível de atividade física, hábitos, objetivos (perder peso ou ganhar músculos, por exemplo). Mas, geralmente, é de 1 g a 2 g de proteína por quilo de peso corporal. Ou seja, uma pessoa com 70 kg deve consumir de 70 g a 140 g de proteína por dia —um filé de frango (100 g) tem cerca de 20 g de proteína e um ovo tem 6 g.

A dica do nutricionista faz parte do Cardápios para Emagrecer, projeto de VivaBem que oferece planos de alimentação diários —com café da manhã, almoço, jantar e lanches— para quem deseja comer de forma saudável e perder peso. Além de 5 menus todos os sábados, assinantes UOL recebem lista de compras, receitas e dicas exclusivas. Confira os cardápios desta semana: