Topo

Viagem

Roteiros de luxo


Piscina com vista para cangurus: conheça resort de luxo na Austrália

Mari Campos

Colaboração para o UOL

02/02/2019 04h00

Imagine abrir a porta do seu quarto de manhã cedinho e encontrar cangurus literalmente em frente à sua porta. Ou banhar-se na sua própria piscina privativa com os campos e montanhas à sua frente tomados por esses adoráveis bichinhos? Essa é a rotina de quem se hospeda no luxuoso resort Emirates One&Only Wolgan Valley, nas Blue Mountains australianas.

Localizado a 2h30 de carro de Sydney através de estradas cênicas entre as montanhas, o resort é composto por apenas 43 acomodações, todas em formato vila, e foi premiado diversas vezes como o melhor hotel de toda a Austrália.

São nada menos que 2.800 hectares de reserva de vida selvagem entre dois parques nacionais, o Wollemi National Park e o Gardens of Stone National Park.

As Blue Mountains, patrimônio da humanidade tombado pela Unesco, compõem uma das principais atrações naturais da Austrália. Seu pedaço mais famoso é onde ficam três formações rochosas chamadas de Three Sisters, um dos maiores cartões-postais do país.

O Wolgan Valley é um vale espetacular na região, coberto de vegetação e rodeado por imensos paredões de rocha e repleto de vida selvagem no território cortado pelo rio Wolgan - com destaque óbvio para a imensa população de cangurus que circula livre e selvagemente pela região.

São mais de 5.500 cangurus de três diferentes espécies, além de diversos outros animais selvagens, como wallabies, wallarus, vombates e várias espécies de pássaros. Todos eles vivem tão tranquilamente por lá que circulam sem receio entre as vilas e nas proximidades da piscina principal - sobretudo ao amanhecer e nos finais de tarde, já que os cangurus são bastante sensíveis ao sol e ao calor.

O cenário é tão espetacular que até mesmo Charles Darwin, na década de 1830, já tinha se encantado com tanta beleza natural. O hotel foi construído no terreno de uma antiga fazenda (cujo dono hospedou Darwin naquela época) e, apesar de toda a contemporaneidade de suas instalações atuais (cheias de pedra e madeiras, num estilo semelhante a lodges de esqui), manteve a construção original preservada e restaurada, como um museu, para ser visitado pelos hóspedes.

Com diárias desde 1.344 dólares para duas pessoas, o resort opera em sistema tudo incluído, com destaque para a excelente gastronomia "farm-to-table" ("da fazenda à mesa", em português) de seu restaurante. E ali até o frigobar, abastecido diariamente com vinhos australianos e petiscos, faz parte da diária. Sustentável, tem ainda certificação CarboNzero, pelo esforço em minimizar as emissões de gases de efeito estufa.

Todas as vilas têm terraços panorâmicos para as Blue Mountains e piscinas privativas aquecidas - lugares perfeitos para observar os cangurus e outras espécies animais bem de pertinho, o dia todo.

Outra excelente sacada para ver os animais bem de pertinho é reservar à parte o piquenique privativo. Nesta atividade, reservada sobretudo por casais, um perfeito piquenique repleto de delicadezas e gostosuras é montado em uma plataforma cênica erguida pelo hotel em um mirante em pleno vale, rodeado pelas belíssimas montanhas e com cangurus a perder de vista.

O resort ainda conta com uma piscina aquecida ao ar livre, spa Sodashi com tratamentos holísticos, circuitos para bike e trilhas, e outras atividades inclusas diariamente na programação, como cavalgadas, safáris em veículos 4x4, degustações de vinhos e um programa de recreação especial para crianças.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Roteiros de luxo