PUBLICIDADE

Topo

Podcast

Sexoterapia

A sexóloga Ana Canosa e a jornalista Marina Bessa conduzem o papo sobre sexo e relacionamento.


Sexoterapia

Sexoterapia #33: "Promovo mais autoconhecimento que prazer", diz terapeuta tântrica

de Universa

09/10/2020 04h00

Deva Geeta entrou em contato com o tantra pela primeira vez há seis anos. Naquela época ela tinha um emprego de secretária-executiva e também vendia brinquedos eróticos para complementar a renda. "Com esse trabalho paralelo comecei a perceber a dificuldade das mulheres em sentir prazer, e passei a buscar mais informações sobre o tema", conta nesse episódio do podcast Sexoterapia. Foi quando se deparou com a massagem tântrica. "Eu nunca tinha ouvido falar sobre isso. Achei incrível, e fiquei muito curiosa para saber mais", lembra. Ouça o programa completo acima.

Como não tinha como pagar pelo curso na época, ela fez um trabalho como modelo de massagem para uma terapeuta. E o que começou como curiosidade se transformou em estilo de vida. Tanto que trocou seu nome de batismo pelo sânscrito Deva Geeta, de acordo com a tradição do tantra.

Mas antes disso teve diversas experiências que, descobriu depois, não tinham nada a ver com essa filosofia. "Comecei a trabalhar em um espaço de massagem, que eu achava que era a tântrica, mas depois fui entender que esse conceito era bem amplo", afirma.

Ela conta que nesse local, as massagistas atendiam de lingerie, e havia um contato mais íntimo com os clientes (homens, na grande maioria), uma troca mais sensual (que poderia até envolver sexo) que não existe na massagem tântrica tradicional. "A terapia tântrica inclui a massagem, mas vai além dela. A massagem tântrica sensual é feita por um massagista, não exige toda a formação do terapeuta. Não condeno, mas são propostas diferentes", explica.

Geeta percebeu que aquela não era a sua proposta e foi estudar para se tornar uma terapeuta. "Todo terapeuta tântrico tem que saber as técnicas de massagem, mas também precisa conhecer outras técnicas terapêuticas que são aliadas a ela, como de respiração e meditação". A consulta com um terapeuta tântrico, explica Geeta, pode durar até 4 horas, e inclui uma anamnese por meio da qual o terapeuta entende quais são as necessidades de cada indivíduo. "Hoje atendo mais pessoas que estão em busca de autoconhecimento, da conexão da sexualidade com espiritualidade, do que de prazer", diz.

Para saber mais

Instagram: Diga Vulva (@digavulva); Luana Lumertz (@luanalumertz); Vagina sem neura (@vaginasem.neura)
Série: Indústria da Cura (episódio sobre sexo tântrico) (Netflix)

Acompanhe o Sexoterapia

Massagem tântrica é o tema do 33º episódio do podcast Sexoterapia, que em sua quarta temporada mergulha na história de uma única personagem.

Sexoterapia vai ao ar às sextas-feiras e está disponível no UOL, no Youtube de Universa e nas plataformas de podcasts, como Spotify, Apple Podcasts, no Castbox e Google Podcasts. A quarta temporada tem oito episódios.

Sexoterapia