PUBLICIDADE

Topo

Pink critica movimento que minimiza racismo: "resumo do privilégio branco"

Cantora Pink no People"s Choice Awards - Emma McIntyre/E! Entertainment/NBCU Photo Bank via Getty Images
Cantora Pink no People's Choice Awards Imagem: Emma McIntyre/E! Entertainment/NBCU Photo Bank via Getty Images

De Universa, em São Paulo

01/06/2020 08h26Atualizada em 01/06/2020 11h08

A cantora Pink, 40, se juntou a outros artistas e celebridades no protesto contra a morte de George Floyd, homem negro norte-americano morto por um policial branco durante uma operação em Minneapolis. Além de apoiar as manifestações, a americana criticou o chamado "All Lives Matter", movimento que minimiza o racismo e prega que a violência acontece para todos, independentemente da cor da pele.

Pink repostou um texto originalmente publicado pela também cantora Billie Eilish no Instagram criticando o movimento.

"Ninguém está falando literalmente nada sobre você. Vocês sempre encontram um jeito de fazer com que a situação seja sobre vocês. Vocês não estão passando necessidade, vocês não estão em perigo", diz um trecho do texto.

Say it #Repost @billieeilish ??? #justiceforgeorgefloyd #blacklivesmatter

Uma publicação compartilhada por P!NK (@pink) em

A manifestação de Pink — que também defendeu o "Black Lives Matter", movimento que protesta contra a morte de negros nos Estados Unidos — recebeu diversas reações de seguidores. Alguns deles criticaram a postura da cantora.

Um dos seguidores acusou a cantora de dizer que as vidas da população negra são mais importantes do que as das outras raças. "Isso poderia acontecer com qualquer um de nós. Não é sobre raça", escreveu.

Ela prontamente respondeu: "Você é a epítome [resumo] do privilégio branco e a parte mais triste é que você nem se ouve e provavelmente nunca se ouvirá".

Texto de Billie Eilish

A cantora Billie Eilish, de apenas 18 anos, foi quem originalmente postou o desabafo contra o movimento "All Lives Matter" compartilhado por Pink. Confira o texto completo:

"Eu tenho tentado tirar essa semana para descobrir um jeito de dizer isso delicadamente. Eu tenho uma plataforma enorme e tento muito ser respeitosa e tirar um tempo para pensar no que eu digo e como eu digo... mas eu vou só começar a falar. Se eu ouvir mais uma pessoa branca dizer 'All Lives Matter' outra vez, eu vou perder minha cabeça. Você pode ficar quieto? Ninguém está dizendo que a sua vida não importa. Ninguém está dizendo que a sua vida não é difícil. Ninguém está falando literalmente nada sobre você. Vocês sempre encontram um jeito de fazer com que a situação seja sobre vocês. Vocês não estão passando necessidade, vocês não estão em perigo", disse Billie.

Caso George Floyd

George Floyd é um homem negro americano que foi filmado sendo asfixiado por um policial branco, que pressiona seu joelho sobre o pescoço de Floyd. O caso viralizou e gerou uma onda de protestos ao redor dos Estados Unidos contra a violência policial e as mortes da população negra.

Diversidade