Topo

Professora é demitida após dizer a aluno que "homossexualidade é errada"

Na foto estão Josh (à esq.) e Louis van Amstel (à dir.), que estão adotando o garoto de 11 anos, da Deerfield Elementary School - Reprodução/The Salt Lake Tribune
Na foto estão Josh (à esq.) e Louis van Amstel (à dir.), que estão adotando o garoto de 11 anos, da Deerfield Elementary School Imagem: Reprodução/The Salt Lake Tribune

Do UOL, em São Paulo

02/12/2019 20h22

Uma professora substituta foi demitida de uma escola primária, em Utah (EUA), depois de ter dito a um estudante da quinta série, e com dois pais, que "a homossexualidade é errada".

Ela é acusada de fazer o comentário durante um exercício às vésperas do Dia de Ação de Graças, na Deerfield Elementary School, quando perguntou aos alunos o que eles estavam agradecendo por este ano.

Ex-dançarino do programa "Dancing With the Stars" da ABC, Louis van Amstel, um dos pais do garoto de 11 anos, relatou que seu filho havia respondido que era grato por seus dois pais, que estão no processo de adotá-lo oficialmente.

"Fiquei emocionado quando ele disse que estava agradecido por finalmente ser adotado", disse van Amstel, em vídeo postado nas redes sociais.

Segundo informações do jornal "Salt Lake Tribune", depois que o aluno disse que estava agradecido por ter sido adotado pelo casal gay, a professora teria soltado a seguinte frase: "Mas por que você ficaria feliz com isso? Isso não é motivo de agradecimento".

Van Amstel contou que seu filho não queria falar sobre o incidente ou causar problemas à professora substituta, mas que três de seus colegas foram até a sala do diretor para notificar a administração sobre o comportamento dela.

Após o episódio, a professora substituta foi demitida de acordo com a Kelly Services, empresa terceirizada responsável por sua contratação.

Diversidade