Topo

Médicos britânicos estudam fazer transplante de útero em mulheres trans

Mulheres trans poderão engravidar com cirurgia de transplante de útero, de acordo com médicos do Reino Unido - Getty Images/iStockphoto
Mulheres trans poderão engravidar com cirurgia de transplante de útero, de acordo com médicos do Reino Unido Imagem: Getty Images/iStockphoto

Da Universa

16/02/2019 13h08

Médicos da Universidade de Oxford planejam fazer 15 cirurgias de transplante de útero e já receberam autorização do Serviço Nacional de Saúde britânico para iniciarem o processo de seleção de mulheres que irão ser operadas. A ideia inicial é selecionar aquelas que sofrem com algum problema de infertilidade e são impedidas de engravidar por isso.

Mas eles estão considerando fazer o procedimento também em mulheres trans após serem procurados por elas, que estão interessadas nesse tipo de cirurgia. Os órgãos virão de doações de pessoas que já faleceram e de homens trans que tiveram seus úteros removidos no processo de transição de gênero, de acordo com o jornal "Daily Mail". 

A equipe de cirurgiões envolvidos com as operações afirmou, em um artigo público no Jornal Britânico de Obstetrícia e Ginecologia, que é perfeitamente possível colocar um útero em mulheres trans e que seria "legal e eticamente inadmissível" não inclui-las entre as possíveis pacientes dos procedimentos.

Segundo o médico Ben Jones, as primeiras operações devem acontecer ainda neste ano.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Diversidade