PUBLICIDADE

Topo

Diversidade

Parlamento suíço aprova casamento entre pessoas do mesmo sexo

Decisão final sobre casamento entre pessoas do mesmo sexo a Suíça deve ir a referendo - Getty Images
Decisão final sobre casamento entre pessoas do mesmo sexo a Suíça deve ir a referendo Imagem: Getty Images

18/12/2020 11h29

Genebra, 18 dez 2020 (AFP) - O Parlamento suíço aprovou hoje um projeto de lei que permite o casamento para pessoas do mesmo sexo, vários anos após outros países da Europa ocidental adotarem leis semelhantes.

No entanto, a última palavra está nas mãos dos suíços, já que o partido UDF (União Democrática Federal), que defende os valores cristãos, anunciou que lançará um referendo.

O matrimônio civil para pessoas do mesmo sexo foi aprovado pelas duas câmaras do Parlamento após vários anos de procedimento.

O projeto inicial foi apresentado pelo grupo Verde Liberal em 2013.

O texto adotado permite o casamento para gays e lésbicas e também que as mulheres tenham acesso à doação de esperma, uma das questões mais polêmicas.

Até agora, os casais homossexuais podiam se unir na forma de "casais registrados", mas sem os mesmos direitos que o matrimônio.

"É uma vitória histórica para os direitos da comunidade LGTBIQ", disse a Anistia Suíça em um tuíte.

Diversidade