Topo

Fóssil de 380 milhões de anos mostra que peixes tinham músculos abdominais

Em Sydney

14/06/2013 10h51

Uma equipe de paleontólogos que estuda  animais fósseis descobriu de forma surpreendente que peixes muito antigos da Austrália poderiam ter tido músculos abdominais, algo que até agora era conhecido apenas em animais terrestres, segundo um estudo publicado na revista Science nesta sexta-feira (14).

Os cientistas desenharam os músculos do chamado peixe Gogo a partir de um exemplar fossilizado que dataria de 380 milhões de anos atrás.

"Foi inesperado encontrar estes músculos na cavidade abdominal porque, obviamente, inclusive para os peixes vivos, o principal modo de propulsão [na água] é agitar o rabo da esquerda para a direita, razão pela qual todos os músculos encontram-se nas laterais do corpo", declarou Gavin Young, da Escola de Pesquisa em Ciências da Terra da Universidade Nacional Australiana.

"O interessante é que quando encontramos estes músculos e realizamos algumas comparações, os únicos músculos equiparáveis eram os de animais terrestres", acrescentou.

Agora é preciso tentar saber se estes músculos tinham a mesma função que os abdominais dos animais terrestres, explicou o autor da pesquisa.

Tilt